Segunda-feira, 22 de julho de 2024

Coluna

Bruno deve ignorar líder do MDB e cita “independência”

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 14 de outubro de 2019

O líder da base do governador Ronaldo Caiado (DEM) na
Assembleia Legislativa, Bruno Peixoto, rebate o anúncio feito em entrevista à
Xadrez pelo novo líder do MDB na Casa, Henrique Arantes, que promete efetivar
orientações diretas à bancada contra projetos do governo estadual no plenário e
em comissões. O caiadista recebe com naturalidade a perspectiva de Arantes, mas
adianta que as orientações deverão ser ignoradas solenemente, já que ele e os
deputados Humberto Aidar e Paulo César Martins seguem fiéis ao Palácio das
Esmeraldas. “Conversei bastante com o Henrique e da mesma maneira com Humberto
e Paulo César. Ele vai colocar a posição pessoal dele em relação ao trabalho e
nós temos nossa independência em relação às votações”, afirma Bruno, reforçando
a liberdade dada pelo presidente do partido, ex-deputado federal Daniel Vilela,
desde o início do ano.

No voto?

Para qualquer situação fora do acordo estabelecido entre os
governistas e o comando do MDB, Bruno Peixoto lembra que tem maioria dentro da
bancada do partido na Alego para fechar questão sobre votações.

Continua após a publicidade

Outro jeito

“Cada um tem independência para voto e fala. Até porque,
para tomar qualquer decisão, teoricamente, é preciso reunir a bancada. Temos
três da base e um da oposição e não vamos impor a vontade da maioria”.

Lados definidos

Até agora, não parece ser interessante para o MDB de Daniel
Vilela rivalizar com os deputados. “A liberdade é até constitucional”, reafirma
Bruno Peixoto.

Recuperado!

O governador Ronaldo Caiado passou o domingo na casa das
filhas, em São Paulo, depois de receber alta do hospital Sírio Libanês. O
democrata retoma atividades do governo nesta terça-feira (15).

Causa geral

Da direita à esquerda – do DEM ao PT, políticos de todos os
espectros acompanharam a canonização de Irmã Dulce no Vaticano neste fim de
semana, em comitiva que contaria com presença de Gracinha Caiado, não fosse a
internação.

Começou!

Como antecipado com exclusividade aqui, o deputado federal
Francisco Júnior (PSD) lança hoje sua pré-candidatura a prefeitura de Goiânia a
eleição de 2020. Será às 8h30 no escritório político do parlamentar, no Setor
Oeste.

Projetos e metas

A apresentação, no entanto, não será focada no debate
eleitoral, mas no diálogo sobre as demandas da cidade e em “projeto para
discutir Goiânia com a sociedade”. O chamado “Chis da Questão” é inspirado em
livro do deputado sobre Goiânia.

Agenda

Contra críticas, a CPI dos Incentivos Fiscais continua os trabalhos
com reunião às 14h e a previsão de depoimento de Wesley Batista Filho, da JBS.

CURTAS

– “Não chegou nenhum pedido para transferência”, informa o relator,
deputado Humberto Aidar (MDB).

– O empresário é filho de Wesley e sobrinho de Joesley, que
estão impedidos pela Justiça de participar da direção da empresa.

– O Sebrae Goiás promove amanhã o evento Show de
Empreendedorismo, com palestras no Centro de Convenções.