Coluna

Caiado reforça Iris e rejeita ‘pulverização’ na base aliada

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 09 de março de 2020

De cabeça nas articulações para a eleição municipal de
outubro, o governador Ronaldo Caiado (DEM) respondeu à Xadrez sobre o processo
em Goiás e confirmou preferência pessoal pela reeleição do prefeito Iris
Rezende (MDB). No entanto, o democrata espera a decisão final de Iris e, por
enquanto, reforça que terá chapa proporcional “competitiva” para que o DEM passe
a ter representatividade numerosa na Câmara Municipal. Sobre a base aliada,
Caiado reforçou que pretende encabrestar os partidos e que todos têm liberdade
para lançarem candidaturas próprias. Desta vez, no entanto, o governador fez
uma ressalva a esse alvedrio. “Total liberdade. Ninguém vai engessar partido
político. Nós vamos pedir que haja uma maior coerência no sentido de fazer uma
divisão dentro da nossa própria base para, aí sim, fortalecer o adversário. Aí
é um gesto de imprudência e falta de visão política”, decretou.

Conta fechada

“Olha, se você pulveriza vários candidatos da mesma base
política, você dá chance ao adversário poder ganhar com um quarto ou um quinto
dos votos dos votos. Nós temos segundo turno em apenas três cidades”,
contabiliza Caiado.

Critérios

O governador antecipa que a decisão em Goiânia e outros
municípios deve focar o fortalecimento da base e que as pesquisas serão
fundamentais para a escolha.

Números

“Temos que fazer essa avaliação com muita prudência. Aquele
que tiver melhor colocado deverá ter sim a condição de poder com que os demais
possam abrir espaço para que ele seja o candidato apoiado pelos demais”,
antecipa.

Guardado

O presidente regional do Podemos, deputado federal José
Nelto, garante que o partido terá candidatura própria em Goiânia, mas afirma
que o nome “que vai abalar o processo” continua “guardado a sete chaves”.

Especulação

O mistério pode ter relação com o retorno às conversas
políticas do ex-presidente da Alego, José Vitti. Considerado pré-candidato a
prefeito quando no fim do último mandato, o ex-deputado abriu conversas para
nova filiação.

Trunfo

Lideranças avaliam com cautela a possível entrada de Vitti,
já que o empresário teria potencial para unir iristas e caiadistas, se prefeito
não for candidato à reeleição.

Conectada

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara de
Goiânia aprovou projeto que pretende obrigar a gravação em áudio e vídeo, além
da transmissão ao vivo de todas as licitações realizadas na cidade. Texto de
Tatiana Lemos (PCdoB).

Crise interna

Os vereadores aprovaram requerimento e convocarão o 
presidente da AMMA, Gilberto Marques Filho, para que ele explica supostas
denúncias de que parlamentares teriam pedido liberação de caminhões
irregulares.

CURTAS

– O ex-presidente FHC voltou atrás. Agora diz o protesto do
próximo domingo (15) não representam risco para o país.

– O tucano adotou discurso de que os líderes políticos não
devem temer reações nas ruas diante de insatisfações.

– Será instalado às 14h o escritório regional da Companhia
de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e Parnaíba (Codevasf).

 

Compartilhe: