Coluna

CCJ rejeita isenção do ICMS do kit Covid proposto por tucano

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 30 de abril de 2021

Na reunião de ontem, a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa rejeitou projeto do deputado Talles Barreto (PSDB) que isenta do ICMS medicamentos do chamado Kit Covid (azitromicina, ivermectina, cloroquina e dexametasona). Embora a prescrição desses fármacos vá no sentido contrário às recomendações das autoridades médicas e sanitárias, pois não não tiveram eficácia comprovada, o tucano diz que eles estão sendo utilizados e tem apresentado eficácia no tratamento e combate aos efeitos e sintomas causados pela Covid-19. O relator, deputado Helio de Sousa, havia expedido parecer a favor da matéria do colega de partido. 

Porta-bandeira 

Como é de conhecimento de todos, o principal defensor desse grupo de medicamentos é o presidente Jair Bolsonaro. Porém, na CCJ, o projeto de Talles Barreto foi barrado pelo deputado Álvaro Guimarães (DEM), que deu parecer contrário à proposta. 

Cronômetro  

A partir do dia 4 de maio, começa o prazo de dez sessões ordinárias para apresentação de emendas à Proposta de Emenda à Constituição que extingue o Tribunal de Contas dos Municípios, do deputado Henrique Arantes (MDB). 

Divergente 

Ao contrário dos colegas de bancada – Talles Barreto e Helio de Sousa – o deputado Francisco Oliveira (PSDB) subscreveu a PEC da extinção do TCM. Já Humberto Aidar (MDB), cotado para uma vaga no órgão, não titubeou em assinar a matéria. 

Sem curva 

Em mais um recado direto a Marconi Perillo (PSDB), o governador Ronaldo Caiado garante que “o que a gestão passada não fez em 20 anos, a gente faz em dois, e ainda driblando os desafios de uma pandemia. É assim que deve ser”. 

Destituído  

Ontem, ao final da assembleia geral da Associação Goiana dos Municípios, o prefeito de Gameleira, Wilson Tavares (DEM), disse à coluna que o presidente da entidade, Paulo Sergio Rezende, teve o seu mandato encerrado, e que ele terá prazo de 30 dias para entregar o cargo. 

Ao pé do ouvido 

Um interlocutor do prefeito de Catalão, Adib Elias (Podemos), disse à coluna que ele aproveitou a passagem do governador Ronaldo Caiado (DEM), para conversar sobre o cenário político, projetando 2022. 

Convocação  

Em embate com a Câmara de Senador Canedo, por conta de denúncias de irregularidades em sua gestão, o prefeito Fernando Pellozo (PSD) recebeu em seu gabinete o presidente do partido, Vilmar Rocha, que reconheceu ver problemas no município. O encontro teve o como testemunha o vice Magno Silvestre. 

Na ativa 

Afastada da função, em fevereiro passado, por suspeita de favorecimento ao padre Robson de Oliveira, em inquérito de extorsão, a delegada Renata Vieira relatou em suas redes sociais operação sob o seu comando, no 15º DP de Goiânia. 

CURTAS 

– Por ofício encaminhado à Alego, a Casa Civil informa sobre a não promulgação, pelo governador, de veto a emendas impositivas.

– O deputado federal João Campos (Republicanos) repercutiu fala do presidente da Caixa, Pedro Guimarães, de que no primeiro ano do mandato de Bolsonaro a instituição lucrou mais do que nos oitos anos de FHC e Lula. 

Compartilhe: