Segunda-feira, 22 de julho de 2024

Coluna

Conselho da JBS aciona Joesley e Wesley por corrupção

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 21 de janeiro de 2021

Venceslau Pimentel 

Os
irmãos Joesley e Wesley Batista, que foram presos pela Polícia Federal, em
2017, por ter omitido informações na delação feita à Procuradoria Geral da
República, e pelo uso de informação privilegiada para lucrar no mercado
financeiro, respectivamente, estão envolvidos em mais uma enrascada. Isso
porque a JBS, através de seu conselho administrativo, vai instaurar
procedimento arbitral contra a J&F e os dois irmãos, por causarem prejuízos
à indústria de alimentos, pelos crimes confessados em delação. Ou seja, pela
prática de corrupção. Wesley foi solto em fevereiro de 2018, e o seu irmão,
Joesley, no mês seguinte, por determinação da Justiça Federal de
Brasília. 

Devassa

Continua após a publicidade

Em dezembro de 2019, o terceiro irmão, Júnior Friboi, que
comanda a JBJ, foi alvo de mandado de busca e apreensão, por suspeita de
pagamento de propina a servidores do Ministério da Agricultura. 

Emergencial

A participação da prefeitura de Goiânia no plano de socorro às
empresas do transporte coletivo será uma das pautas da reunião de hoje, entre
Rogério Cruz e o governador Ronaldo Caiado, no Palácio Pedro Ludovico. 

Novo desafio 

A primeira-dama de Goiânia, Thelma Cruz, entra na cruzada contra
a violência contra a mulher. Ontem, ela discutiu ações coma secretária de
Políticas para Mulheres, Tatiana Lemos.

Pela educação 

Criador da frente em defesa de universidades públicas, na Alego,
o deputado petista Antônio Gomide já destinou R$ 1,7 milhão para universidades
públicas em Goiás, por meio de emendas.

Jogo bruto 

Na briga para levar o PSL a apoiar o candidato à Presidência da
Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), Vítor Hugo sai à frente do Delegado
Waldir. Mas a direção nacional do partido vai tentar virar o jogo até as
vésperas da eleição, em fevereiro.

Aposta 

Adversário de Arthur Lira, e com apoio de Rodrigo Maia, Baleia
Rossi (MDB) acha que vai contabilizar votos da bancada goiana na Câmara, depois
do jantar no Palácio das Esmeraldas, tendo Ronaldo Caiado como anfitrião. 

Antifacistas 

Por monitorar aos menos 116 parlamentares (entres eles de Goiás) e
jornalistas nas redes sociais, a ministra Cármen Lúcia, do STF, pediu
informações às Secretarias de Comunicação e de governo, da gestão de Jair
Bolsonaro, sobre o procedimento. 

Negacionismo 

Vem tendo repercussão no Congresso – principalmente entre os
bolsonaristas que minimizam os efeitos da pandemia – o projeto de lei que
obriga deputados federais e senadores a se vacinarem contra a Covid-19. 

CURTAS 

– Decreto do governo institui grupo de trabalho para desenvolver
e executar o projeto Cidade da Polícia Civil. 

– Por conta de pedido de vista da oposição, foi adiada a votação
projeto do governo de 
quitação de débitos IPVA e ao ITCD, com
desconto.