Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Coluna

DEM prioriza nome próprio para enfrentar Maguito Vilela em Goiânia

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 26 de agosto de 2020

Antes de oficialmente publicar que respeita a aposentadoria
de Iris Rezende, o governador Ronaldo Caiado e aliados já iniciavam as
articulações para viabilizar candidatura própria do DEM à prefeitura de
Goiânia. A primeira conversa foi realizada por Caiado, ainda na noite de
segunda-feira (24), com o deputado federal Zacharias Calil. O presidente
metropolitano do DEM, Lívio Luciano, tentou, até o último momento, convencer Iris
a ser candidato, mas agora, tendo agora Maguito Vilela com substituto provável,
não prioriza aliança com o MDB. “Em princípio, não seria esse (apoiar Maguito)
o primeiro plano. Teríamos vários, mas o plano número um seria candidatura
própria”, conta o presidente, que já conta com o apoio do líder do prefeito na
Câmara Municipal, Wellington Peixoto (DEM), para a estruturação de nome do
partido. Assim, Zacharias Calil deverá assumir a cabeça de chapa.

Aliado distante

Apesar de ter gestado pré-candidatura no Palácio das
Esmeraldas, Wilder Morais (PSC) também está foras das primeiras considerações
no DEM sobre alternativas após o anúncio de aposentadoria de Iris Rezende.

Continua após a publicidade

Alternativas

“Preferimos não descartar nenhuma das possibilidades, mas o
ideal é que possamos ir de candidatura própria. Acredito que o deputado
Zacharias Calil é um homem de partido e toparia em função do momento”, avalia
Lívio Luciano.

Tô fora!

Além do discurso lido, Iris tem afirmado a aliados que
pretende desencarnar da política. Ou seja: não deve anunciar apoio explícito a
Maguito Vilela.

Formalidade

O presidente do MDB em Goiânia, Carlos Júnior, e iristas
organizam movimento para convencer Iris a buscar a reeleição. O prefeito jogou
água na fogueira na reunião realizada com 24 vereadores antes do anúncio.

Estratégia interna

Já o presidente estadual, Daniel Vilela, afirmou apenas que
é preciso “esperar a poeira baixar” antes de tomar decisões sobre a
substituição. Adota cautela para definir a forma e momento de anunciar projeto
de Maguito.

No comando

De Carlos Júnior: “Todos serão ouvidos para definir a
convenção, mas qualquer candidato do MDB vai querer o apoio do Iris, né? E não
vai querer ir contra o prefeito, que ainda vai ser o grande conselheiro de
todos nós”.

Virou casamento

O namoro que começou no ano passado foi oficializado nesta
semana e o presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB),
anunciou apoio formal à reeleição em Rio Verde do prefeito Paulo do Valle.

Memória

A união envolve, portanto, os protagonistas da eleição de
2016, quando Lissauer e Paulo, ainda o MDB, foram adversários na disputa pela
prefeitura.

CURTAS

– O secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, garante
que a Igreja Católica em Goiás é vítima, no caso da Operação Vendilhões.

– Segundo Rodney, representantes da igreja levaram suspeitas
sobre a Afipe à SSP e ao Vaticano ainda em setembro de 2019.

– Nas redes sociais, Maguito tratou Iris como “irmão
político” e que vai “propagar seu legado para todas as gerações”.