Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Coluna

‘Denúncia contra Tormin não preocupa’, diz deputado

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 25 de novembro de 2019

Cotado para ser candidato à prefeitura
de Luziânia, em 2020, o deputado estadual Wilde Cambão (PSD) diz que a
definição do nome a ser lançado pelo grupo político encabeçado pelo atual chefe
do Executivo, Cristóvão Tormin (PSD) só vai acontecer no próximo ano. Além
dele, estão no páreo o vereador Murilo Diniz, o suplente de senador Eládio
Carneiro, além de Juarez Roriz. Para Cambão, as denúncias contra Tormin, de
assédio sexual contra mulheres, não devem prejudicar o candidato do grupo.
“Isso é denúncia orquestrada pela oposição, e acredito que ele vai sair mais
fortalecido desse episódio”, aposta o deputado. “O prefeito é uma pessoa do
bem. Acredito na Justiça e no Ministério Público, e muito mais na inocência
dele”. Tormin está no segundo mandato consecutivo como prefeito.

Investigação

Continua após a publicidade

A investigação contra Cristóvão Tormin
foi deflagrada em outubro, pelo Ministério Público, a partir de uma denúncia
anônima. Em sua defesa, o prefeito tem dito que tudo não passa de uma tentativa
de adversários políticos tirá-lo do poder.

Com a Adial

Ex-governador Maguito Vilela (MDB) tem
dado apoio ao movimento da Adial, em defesa do desenvolvimento e do emprego,
por conta da reavaliação da política de incentivos fiscais do Governo de
Ronaldo Caiado. Ele é pela manutenção do benefício.

 Na mira

 Denunciadas pelo Ministério Público, a
Justiça condenou duas ex-secretárias de Educação de Goiânia: Neyde Aparecida e
Márcia Carvalho. Tudo por conta de contrato na área cultural que teria sido
superfaturado. O prejuízo chega a R$ 1,9 milhão.

 Reeleição à vista

De olho na reeleição, vereadores de
Goiânia fazem as contas para atender as demandas de suas bases eleitorais.
Afinal, o Executivo destinará 1,2% de sua receita corrente líquida, estimada em
R$ 6 bilhões, em 2020. A matéria será votada na primeira quinzena de dezembro.

Poço sem fundo

Por falar em eleição, parlamentares do
Centrão, articulam, no Congresso Nacional, a derrubada de vetos do presidente
Jair Bolsonaro à minirreforma eleitoral, para aumentar o fundo partidário para R$
4 bilhões, R$ 1,5 bilhão a mais.

Esnobado

Ex-deputada federal pelo PT, Marina
Sant’Anna não perdeu a oportunidade de comentar a cena em que o governador do
Rio, Wilson Witzel, se ajoelha diante do Gabigol, no Peru. “É o mesmo que vive
fazendo performance de festejos assassínios nas comunidades pobres do Rio”.

Mais pressão

Em mais uma ação de empresários contra
a revisão de incentivos fiscais, o presidente do Sindicato da Indústrias de
Arroz de Goiás, Jerry Alexandre, quer que o governo Caiado suspenda os efeitos
de um decreto que entra em vigor em dezembro. A medida mexe nas alíquotas do
setor.

Santa causa

A Santa Casa de Goiânia respira mais
aliviada, depois da visita, ontem, de integrantes da bancada goiana no
Congresso Nacional. O grupo acena com o repasse de R$ milhões, por meio de
emendas. O deputado Dr. Zacarias (DEM) foi o autor da sugestão.

Sabatina

Os deputados de oposição vão aproveitar
a ida do secretário de Saúde, Ismael Alexandrino, à Assembleia, no início de
dezembro, para questioná-lo sobre o remanejamento de funcionários do Hugo e
Hugol. Ele vai prestar contas do 2º quadrimestre de 2019.

CURTAS

– Os dez vídeos mais
votados pelo público, dentro do concurso Cidadão Herói, serão agraciados com
uma comenda de Ordem do Mérito, a ser entregue pelo governador Ronaldo Caiado.
As inscrições vão até o dia 30 de novembro.

– O deputado Vinícius Cirqueira (Pros)
foi eleito secretário-geral da União Nacional dos Legisladores e Legislativos
Estaduais (Unale).

– Em contrapartida ao uso do
estacionamento da Câmara de Goiânia, para dar lugar a um trecho da Avenida
Leste-Oeste, a prefeitura vai construir uma creche no Setor Criméia Leste.