Coluna

Deputado do PSD não acredita em rasteira em Vilmar Rocha

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 17 de fevereiro de 2021

Venceslau Pimentel 

Ao
saber do que classificou como fuxico, de uma eventual intervenção branca no
diretório do PSD em Goiás, desbancando Vilmar Rocha, o deputado estadual Lucas
Calil, que é filiado ao partido, disse à coluna não acreditar nessa
possibilidade. Ele telefonou ontem para Rocha, reforçando o seu apoio à
permanência dele à frente da legenda. “Não acredito que isso esteja
acontecendo, pelo o que Vilmar tem feito pelo partido, pela sua história e
trabalho. Seria uma grande decepção para todos nós se isso acontecesse”,
pontuou. Ao mesmo tempo, o parlamentar considerou
importante
para o fortalecimento
da legenda a
filiação de
Henrique Meirelles,
pela importância que
ele tem no cenário
nacional.  

Depende 

Em nome do pragmatismo político, Lucal Calil disse que não descartaria
ir para o MDB, para disputar a reeleição em 2022, se o PSD não vier a ter uma
chapa competitiva. Mas que sua preferência é continuar no
partido.

Mal na fita 

Nem bem esquentou a cadeira de prefeito de Luziânia, Diego
Sorgatto (PSDB) tem o seu mandato questionado. O Ministério Público quer a
cassação de seu mandato por irregularidades na transferência de recursos do
Fundo Eleitoral para custeio de candidaturas femininas na campanha de
2020. 

Paralisação

Como a previsão de chegada de novos lotes de vacinas contra a
Covid-19, em Goiás, é depois do dia 23 de fevereiro, muitos municípios estão
prevendo interrupção da imunização dos grupos prioritários. 

Pedaço de pano 

De nada adiantou a vereadora Gabriela Rodart (DC) ter apresentado
atestado médico para não usar máscara no plenário. Rodart foi a única a votar
contra o requerimento que obriga o uso de ‘pedaço de pano’, como ela se referiu
à máscara. Vinte e sete vereadores votaram a favor. 

Emprego e renda 

O prefeito de Americano do Brasil, Moretson da Silva Borges, ao
comentar sobre a Caravana da Retomada, na cidade, que a maior demanda do
município é a geração de empregos. 

Voto contra

Deputados que já sofreram os efeitos da Covid-19, como Amauri
Ribeiro (Patriota) e Lêda Borges (PSDB), votaram a favor da manutenção do
sistema híbrido das sessões em plenário, cujo placar ficou em 18 a 10. O setor
de saúde havia recomendado fechamento da Casa por 15 dias, com sessões somente
remotas. 
 

Sem comando

O deputado Karlos Cabral (PDT), como já havia sido definido pela
base aliada, perdeu o comando da Comissão de Finanças, por conta de seu
posicionamento contrário a projetos do governo. Thiago Albernaz (Solidariedade)
é o novo presidente.

Lá e cá 

Em ofício encaminhado ao ministro Luiz Fux, do STF, o senador
Jorge Kajuru (Cidadania) faz ponderações sobre a prisão do deputado Daniel
Silveira (PSL). Diz que parlamentar não pode propagar violência, mas que não
pode se preso como marginal 

CURTAS 

– O governo estadual e a Prefeitura fecharam parceria para
regularizar imóveis em Goiânia de famílias de baixa renda. 

– Avaliação dos serviços prestados pela Enel Distribuidora de
energia elétrica e as condições de trabalho dos funcionários são tema de audiência
hoje na Câmara de Goiânia. 

Compartilhe: