Coluna

Deputado quer anistiar servidores da Agehab que respondem a processos

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 16 de novembro de 2021

Lider do governo na Assembleia Legislativa, o deputado Bruno Peixoto (MDB) defende anistia aos servidores da Agência Goiana de Habitação (Agehab) que foram responsabilizados em processos de tomada de contas especial, por terem atuados nos convênios de concessão do cheque moradia, entre 2009 a 2018. Ele explica que o projeto que tramita na Alego visa solucionar um grande contingente de processos administrativos de responsabilização e de prestação de contas, em situações em que não há dolo ou má-fé preordenados a causar danos ao erário. “A hipótese de anistia será reconhecida por comissão especialmente designada para este fim e não poderá jamais alcançar ocupantes de cargos de Diretoria e ocasiões de prejuízo ao erário em que seja evidenciado o dolo do agente público”, diz Peixoto. 

Queda de braço 

Antes mesmo de o presidente Jair Bolsonaro se filiar ao Partido Liberal, possibilidade que ainda é incerteza, depois do adiamento do ato previsto para o dia 22, há uma disputa pelo comando do partido em Goiás, entre o presidente da legenda, Flávio Canedo, e o deputado federal Major Vitor Hugo (PSL). 

Cancelamento  

Falta de interesse ou desilusão do eleitorado goiano com a política levam grande parte das pessoas a não votar. Dados do Tribunal Regional Eleitoral mostram que 580 estão em situação irregular. Desse total, 180 mil tiveram seus títulos de eleitor cancelados. 

Estímulo  

Durante a visita de Henrique Meirelles (PSD) a Rio Verde, o prefeito Paulo do Vale (DEM) deu sinais de que o apoiará em seu projeto de disputar o Senado por Goiás na chapa governista. 

Na disputa 

Com a cassação dos mandatos do prefeito de São Simão, Assis Peixoto (PSDB), e do vice, Fábio Capanema (PP), os candidatos que disputaram a prefeitura em 2020, já começam a se mobilizar para a nova eleição. Um dos mais entusiasmados é Wilber Ferreira (PTB), que ficou em segundo lugar.  

Nova opção 

Insatisfeito no PP, depois de quebra de braço com o presidente do partido, Alexandre Baldy, o deputado federal Professor Alcides teve tête-à-tête com o pré-candidato a senador pelo PSD, Henrique Meirelles. A legenda pode ser sua opção para disputar a reeleição. 

Expectativa  

A proposta de emenda à Constituição que isenta aposentados e pensionistas do Estado da alíquota de 14,25%, para quem ganha até R$ 6 mil (teto do INSS), deve ser apreciada antes do recesso de fim de ano, segundo aposta o autor da matéria, Karlos Cabral (PDT). 

Relatoria 

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Alego distribuiu ao deputado tucano Talles Barreto a relatoria do projeto de Cairo Salim (Pros), que proíbe a participação de atletas transexual em equipes e em campeonatos esportivos. A matéria ainda não tem data para ser votada. 

CURTAS 

– A Câmara de Goiânia analisa, hoje, a proposta de inclusão do dia 27 de novembro como o Dia da Cannabis Terapêutica no Calendário Oficial do Município, proposta pelo vereador Lucas Kitão (PSL). 

Compartilhe: