Coluna

Deputado Waldir ignora Vitor Hugo sobre eventual candidatura

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 12 de junho de 2021

Atritados praticamente logo após as eleições de 2018, os deputados federais Delegado Waldir Soares e Major Vitor Hugo, ambos do PSL, não escondem mais que os dois não cabem no partido. Ainda mais agora que, picado pela mosca azul, Vitor Hugo já se posta como pré-candidato ao governo de Goiás, em 2022, com apoio de Jair Bolsonaro, para dar palanque no Estado ao presidente. Enquanto Waldir ignora, em mais um sinal de que não se trata de mera especulação, o parlamentar bolsonarista reagiu a um comentário do senador Jorge Kajuru (Podemos), que prometeu não pisar em Goiás se ele fosse eleito governador. “É propaganda eleitoral antecipada que se fala?”, ironizou Vitor Hugo, dando a deixa de que o arranjo político-eleitoral tende a se consolidar. 

Reforço  

O advogado e vice-presidente do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB-GO, Estênio Primo, declarou apoio a Pedro Paulo de Medeiros, por considerar a necessidade de um processo de renovação, para a garantia de oxigenação nas práticas administrativas da entidade. 

Em curso 

O 1º vice-presidente da Câmara de Goiânia, Clécio Alves (MDB), registrou o encontro da bancada do partido com o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, que começou com um café da manhã, regado de quitutes e articulações políticas para 2022. 

Estímulo  

Derrotado na disputa pela prefeitura de Luziânia, vencida por Diego Sorgatto (DEM), o deputado Wilde Cambão (PSD) comemorou fala de Ronaldo Caiado, que o considera parceiro de Goiás. 2022 bate à porta. 

Cabo eleitoral 

Depois do culto político-religioso, em Anápolis, no dia 9, o presidente Jair Bolsonaro passou rapidamente por Terezópolis de Goiás. Sem saber do acontecido, o prefeito Uilton Pereira do Santos (PSC) se apressou para recepcionar a comitiva, num campo de futebol. 

Fora do ninho  

Antes de um acerto sobre a qual partido deve se filiar, o deputado Francisco Oliveira, ainda no PSDB, tem recebido convites de várias legendas, entre elas, o Podemos, presidido pelo parlamentar José Nelto, e o Cidadania, comandado pelo vice-governador Lincoln Tejota. 

A comemorar 

Nem bem esquentou a cadeira de presidente da FGM, Haroldo Naves (MDB) comemora os valores do repasse do Fundo de Participação dos Municípios à prefeitura goiana. Só para o Fundeb, o valor é de R$ 211 milhões 

Olho do furacão 

O Patriota do ex-secretário da Fazenda, Jorcelino Braga, continua em convulsão, com a “entrega” do partido ao clã Bolsonaro, orquestrado pelo presidente nacional, Adilson Barroso. Braga acompanha o processo. 

Inviável   

A chegada do deputado federal Marcelo Freixo ao PSB inviabiliza a aproximação do partido com a base aliada de Caiado. Presidente da sigla em Goiás, o parlamentar Elias Vaz deu boas-vindas ao camarada. 

CURTAS 

– Sem perder tempo, o governador Ronaldo Caiado sancionou a lei que autoriza Goiás a aderir ao Regime de Recuperação Fiscal. 

– Ao invés de abolir o uso de máscaras, a deputada Adriana Accorsi sugere tirar o presidente do Palácio do Planalto. 

Compartilhe: