Segunda-feira, 06 de fevereiro de 2023

Coluna

Desafios de Rogério Cruz para conquistar o segundo mandato

Publicado por: Wilson Silvestre | Postado em: 26 de janeiro de 2023

A 20 meses do primeiro turno da disputa eleitoral de 2024 quando será renovado ou confirmado – caso de reeleição – a vaga de prefeito e vereadores de Goiânia. O maior interessado em buscar o merecimento dos goianienses em ter mais quatro anos na prefeitura, é Rogério Cruz (Republicanos). Para tanto, desde outubro de 2022, no aniversário de 89 anos do município, anunciou um mega pacote de obras que, na primeira etapa, teria um aporte de R$ 1,7 bilhão investidos em educação, infraestrutura e saúde. Decorridos três meses, a população ainda não percebeu essa promessa do prefeito Cruz. Ele tem consumido mais tempo dialogando com a Câmara de Vereadores do que com a população. Por mais literalmente republicano que seja, o prefeito não consegue saciar a sede de sua base política por mais espaço na administração, por isso, dia sim outro também, a mídia ressalta mais o negativo do que os avanços na melhoria da cidade. O prefeito caminha em um campo minado, sem contar que uma dessas encrencas, chama-se Comug. Embora a bomba já tenha sido lançada há quatro décadas no tic tac deficitário, acabou explodindo na sua mesa de trabalho. Nessa toada, Rogério tem duas alternativas: trocar as peças que não correspondem aos desafios ou esquecer a reeleição. Mas, de acordo com fontes do Paço, o prefeito está determinado a trocar peças e promover uma maior interação com a população, principalmente na área social.

De olho na cadeira

A partir de março, quando efetivamente o país se toca que sem trabalho não há ganho, Rogério terá que entrar no campo da disputa da reeleição, com uma equipe afinada e falando a mesma linguagem. Não tem como bater cabeça e só apresentar justificativa, afinal, no segundo semestre já é ano pré-eleitoral e tem muita gente na busca do mesmo objetivo: conquistar a cadeira de prefeito da Capital.

Continua após a publicidade

Pé na lama

Na tarde chuvosa desta quarta-feira (25), Rogério Cruz visitou várias frentes de serviços, um deles, o novo Posto de Saúde em fase de construção no bairro Vale dos Sonhos, no Jardim Guanabara.

O caixa de Caiado

Passou quase despercebido o valor dos recursos que o governador Ronaldo Caiado tem em caixa para o segundo mandato. No início de janeiro, o blog do JBL informou que “a poupança” do governo do Estado alcançou exatos R$ 9,2 bilhões aplicados, rendendo em torno de R$ 100 milhões por mês”. Nada mal para início de segundo mandato.

Cutucando o MDB

O presidente Lula acredita que o MDB de Renan Calheiros, Eunício Oliveira, Jader Barbalho e Simone Tebet é o bastante para seu governo. Na quarta-feira (25), repetiu no Uruguai o que disse na Argentina que Michel Temer é um “golpista”. Não repercutiu bem nas hostes emedebistas, principalmente em São Paulo, onde Temer tem muita influência.

Não é bem assim

O presidente da Câmara de Vereadores de Aparecida, André Fortaleza (MDB), envia um reparo a nota publicada na edição de segunda-feira em que atribui a ele a não discussão do projeto de reforma administrativa proposta pelo prefeito Vilmar Mariano (Patriotas). “A proposta chegou no dia 20 de janeiro e na na Lei Complementar do prefeito não trata exclusivamente de gratificações de servidores”.