Quinta-feira, 28 de setembro de 2023

Coluna

Destempero de Gayer pode afastá-lo da disputa para prefeito

Publicado por: Wilson Silvestre | Postado em: 07 de junho de 2023

Assim como ocorreu com o deputado federal Ricardo Salles (PL-SP), que se envolveu em polêmicas e acabou se atritando com o presidente nacional da legenda, Valdemar Costa Neto, e provocou sua desistência em disputar a prefeitura da capital paulista, o também deputado federal, este por Goiás, Gustavo Gayer entrou na alça de mira do partido. As polêmicas em que Gayer se envolveu, inclusive com a bancada goiana na Câmara Federal, ecoaram na cúpula do PL, incluindo o ex-presidente Jair Bolsonaro. A Xadrez apurou junto a dois líderes próximos ao bolsonarismo que, nesta altura dos acontecimentos, a legenda busca protagonismo dentro do espectro de direita e centro, fugindo um pouco do estereótipo radical. Gayer tem feito o contrário ao ampliar o radicalismo a ponto de atritar até com a bancada goiana na Câmara Federal. Em conversa com duas fontes no Congresso, sendo uma delas próxima ao presidente Valdemar Costa Neto, a avaliação é de que “as chances reduziram muito devido ao estilo estridente e polêmico do deputado em ser indicado para disputar a Prefeitura de Goiânia”. “A estratégia do partido é eleger o maior número de prefeitos e vereadores em 2024, mas se o discurso for muito radical, dificulta a formação de alianças com outras legendas”, pontua a fonte, que pediu anonimato.

Desafio para Wilder Morais

O presidente do diretório estadual do PL, senador Wilder Morais, tem adotado o estilo “passarinho na muda não pia”, ou seja, silêncio sobre as polêmicas envolvendo o deputado Gustavo Gayer. O senador tem conversado muito com Valdemar Costa Neto e adotou a cautela sobre candidaturas em Goiânia, preferindo focar no interior.

Continua após a publicidade

Vitor Hugo

Mais discreto e pragmático, o ex-deputado federal Vitor Hugo tem tido conversas regulares com a cúpula do PL, incluindo Jair Bolsonaro, mas não tem nada concreto sobre seu destino eleitoral em 2024. Tanto pode ser Goiânia ou Anápolis.

Arruda, o ‘Jedi’

O ex-governador do DF, José Roberto Arruda (sem partido), pode ser considerado um “mestre Jedi” da política. Nem todos os desatinos da vida fizeram com que ele perdesse o gosto pelo diálogo e o contato com o público. Na inauguração do “Túnel Rei Pelé”, que atravessa o centro de Taguatinga (DF), era só alegria e reconciliação com o grupo de Ibaneis Rocha (MDB).

Juntos pelo DF

Nesta terça-feira (6), o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), bancada de parlamentares e ex-governadores se reuniram com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), para reverter as alterações propostas no Fundo Constitucional do DF no projeto do arcabouço fiscal.

Time de peso

Encabeçado por Ibaneis Rocha (MDB), os ex-governadores do DF Agnello Queiroz, Cristovam Buarque, José Roberto Arruda, Paulo Octavio e Rodrigo Rollemberg, juntamente com os senadores Izalci Lucas (PSDB), Leila Barros (PDT) e a senadora Damares Alves (Republicanos), apresentaram argumentos pela manutenção do FCDF.

País do ócio

Feriado só é bom para servidores públicos, que sempre ‘enforcam’ um ou dois dias quando cai no meio da semana. É o caso desta quinta-feira (8) de Corpus Christi: bom para uns, ruim para vários setores da economia. (Especial para O Hoje)