Terça-feira, 07 de fevereiro de 2023

Coluna

Discurso de Lissauer em Palácio, sugere que ele topa ser secretário

Publicado por: Wilson Silvestre | Postado em: 25 de janeiro de 2023

Diferente dos embates durante a disputa eleitoral de 2022 e na votação da contribuição para o fundo de investimentos do governo Caiado, os discursos do governador e do presidente da Alego, Lissauer Vieira (PSD) sugerem que os dois voltaram aos bons tempos de confiança mútua. Deputados estaduais da 19º legislatura que se encerra em 31 de janeiro, almoçaram com o governador nesta terça-feira (24). Caiado promoveu o encontro para agradecer o apoio de tos. “Se hoje estamos colhendo frutos, faço questão de compartilhar com os deputados que sustentaram os momentos mais difíceis da nossa trajetória”, afirmou. Na sua fala, Lissauer disse que “o caminho foi difícil, claro, mas percorrido da forma mais correta possível. Hoje Goiás comemora um Estado equilibrado e que é exemplo para todo o Brasil”, declarou. Este tom de amabilidades mostra que as fissuras entre os dois ficaram para trás. Para os deputados mais atentos, a percepção é que Lissauer não vai “nascer capim na porta” do deputado a partir de fevereiro, quando deixa a Alego. Ele será secretário de alguma pasta no governo Caiado ponto 2. Como se diz popularmente: “Política só tem uma porta de entrada e nunca de saída”, portanto, como bom sulista, Lissauer sabe que “Cavalo encilhado não passa duas vezes na porta”.

Caiado precisa de Lissauer

Lissauer Vieira também é empresário rural com interlocução entre a maioria dos produtos de grãos, principalmente Aprosoja-GO que liderou os protestos contra o Fundeinfra. Paciente, Caiado se comporta como monge tibetano, “assuntando o tempo” para mostrar à frente, que o Fundeinfra é bom para os negócios e não só para o agro. Lissauer é homem de diálogo e pode ser a liga do governo para aplainar os ruídos.

Continua após a publicidade

Maguito une divergentes

Na inauguração do busto de Maguito Vilela na praça da Cidade Administrativa, centro do Poder Executivo de Aparecida, mais uma vez o legado do ex-prefeito ficou evidente. Subiram no mesmo palanque, os divergentes na disputa eleitoral de 2022, governador Ronaldo Caiado (UB), seu vice, Daniel Vilela (MDB), o anfitrião, prefeito Vilmar Mariano (Patriotas) e o ex-prefeito e ex-candidato ao Governo de Goiás, Gustavo Mendanha (Patriotas).

Yvelônia secretária

O prefeito Rogério Cruz (Republicanos) aprendeu o jogo do serpentário político e não deixa os espaços vazios em seu governo. Antes que a Secretaria de Relações Institucionais virasse fonte de cobiça dos vereadores, ele convidou uma aliada e  amiga, assistente social e ex-Secretaria Nacional de Assistência Social (SNAS) do Ministério da Cidadania, Maria Yvelônia (Republicanos) para a vaga. A nova secretária conversou longamente com o prefeito sobre sua missão.

Cristalina agradece

Em um esforço conjunto do governador Ronaldo Caiado, prefeito de Cristalina, Daniel do Sindicato da secretaria de Educação, Fátima Gaviole, nesta segunda-feira (23), foi inaugurado o Colégio Estadual da Polícia Militar de Goiás (CEPMG) na cidade. “Todas as vagas foram preenchidas e mostra que nossa gestão tem um compromisso sério com a educação”, comemora Daniel.

Lula e governadores

Na sexta-feira (27), o presidente Lula vai testar o humor dos governadores sobre suas demandas e aproveitar a reunião para traçar prioridades. O presidente quer tornar as reuniões regulares com os governadores e também com prefeitos das principais cidades do país.