Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Coluna

FGM tira o protagonismo da AGM e ganha força política

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 25 de dezembro de 2020

Protagonista na condução de ações
e programas voltados às cidades, durante a hegemonia do PSDB no governo
estadual, a Associação Goiana dos Municípios (AGM), perde força e visibilidade,
e vira coadjuvante nas discussões municipalistas. A Federação Goiana dos
Municípios (FGM), presidida pelo prefeito de Porteirão, José de Sousa Cunha,
ganha força. Cunha, que é tucano e encerra seu segundo mandato agora em
dezembro, está à frente das conversas de interesse dos municípios, inclusive em
relação à campanha de vacinação contra a Covid-19, com o governador Ronaldo
Caiado. Exatamente no momento do embate de Caiado contra o governador paulista
João Doria (PSDB). 

Contra o tempo 

Os municípios goianos que entraram
com ações na Justiça relativas à Lei Kandir terão prazo até dia 29 de dezembro
para abrir mãos das mesmas, para que possam receber recursos ainda este ano. O
dinheiro cai na conta dos tesouros municipais dia 31. 

Continua após a publicidade

Pró-Planalto 

Enquete feita pelo deputado federal Vítor Hugo
(PSL-GO), sobre como o eleitor gostaria que seu parlamentar votasse para
presidente da Câmara Federal, mostra a preferência por Arthur Lira, nome do
Palácio do Planalto para a sucessão de Rodrigo Maia. 

Sintonia 

A convite do prefeito Iris
Rezende, Ronaldo Caiado tomou café da manhã no Paço Municipal, nesta
quinta-feira, oportunidade em que conversaram sobre as ações e conquistas de
suas gestões ao longo do ano, mesmo em meio à pandemia do novo
coronavírus. 

 

De olho 

Prestes a aderir ao Regime de
Recuperação Fiscal, o governo acompanha o caso que envolve o Estado do Rio de
Janeiro, que foi ao STF para continuar usufruindo dos benefícios por mais três
anos, já que o processo, iniciado em 2017, se encerra agora em
dezembro.

No encalço 

Juízes eleitorais devem determinar
diligências para comprovar a procedência dos indícios de irregularidade em
doações de dinheiro a candidatos a prefeito e vereador. Foram localizados 221
mil casos, inclusive em Goiás.

Mais tempo 

Pode ser prorrogado
até o dia 31 de dezembro de 2021 o prazo final para a utilização dos recursos
da Lei Aldir Blanc, pelos estados e municípios. Mas vai depender da aprovação
da Câmara dos Deputados. A União destinou R$ 3 bilhões para pagar o
auxílio. 

Sem reajuste  

Enquanto durar a pandemia, fica vedado
o aumento das passagens de ônibus semiurbanos e intermunicipais. É o
que defende o deputado Diego Sorgatto (DEM) em projeto que tramita na
Alego. 
 

 

Contato virtual  

Com o recrudescimento da pandemia do
novo coronavírus, o deputado Wilde Cambão (PSD) defende a realização de visitas
virtuais, por meio de vídeochamadas, de familiares a pacientes internados nos
hospitais públicos e privados. 
 

 

CURTAS 

– Nada de papel. O
deputado que for apresentar emenda à Lei Orçamentária do Estado terá de usar
plataforma online desenvolvida pela Diretoria de Tecnologia da
Informação da Alego. 

– Por
ver invasão de competência do Executivo, o Paço vetou parcialmente projeto que
cria o Programa Municipal de Enfrentamento à Disseminação de Informações
Falsas.