Sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

Coluna

Foco do Republicanos é reeleger Rogério e ampliar base no interior

Publicado por: Wilson Silvestre | Postado em: 19 de janeiro de 2023

O presidente nacional do Republicanos, deputado federal Marcos Pereira (SP) resolveu salomonicamente a divisão de forças da sigla em Goiás. O deputado federal, Jeferson Rodrigues assume a presidência no lugar de João Campos e o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, o diretório metropolitano. Acertada a missão de cada um, o foco agora, é buscar mais aliados para reforçar a reeleição de Rogério Cruz em Goiânia e montar chapas competitivas nos 246 municípios do estado. Essa tarefa fica a cargo de Jeferson, pois como deputado federal e por não ter que disputar cargo eletivo, terá maior liberdade de negociação e apoios. Por sua vez, o prefeito Rogério fica mais à vontade para fechar acordos com outras legendas, se fortalece como liderança política e ‘descola’ um pouco da sombra da Igreja Universal. Quanto à movimentação de possíveis adversários citados pela mídia recentemente, Cruz disse à Xadrez que é “normal surgir nomes querendo a prefeitura”. De fato, personagens como Bruno Peixoto (UB), Marconi Perillo (por enquanto do PSDB) e Adriana Accorsi (PT) entre outros menos cotados, podem vir a ser adversários do prefeito. Mas, como disse um de seus auxiliares: “Ninguém dispõe do de um arsenal de obras iniciadas, outras em fase de conclusão e muitas em fase de licitação para oferecer aos goianienses”. Em relação ao bate assopra com os vereadores, o prefeito entende que é parte do jogo político e que o diálogo ajuda a construir consenso.

Vice de Arthur Lira

Ao recuar na estratégia em “fazer oposição propositiva ao governo Lula”, o Republicanos mira dois objetivos: a próxima vaga do TC que será indicada pela Câmara dos Deputados e a vice de Arthur Lira (PP-AL). O manda chuva do Republicanos, Marcos Pereira é um político pragmático e passa ao largo de confrontos dos quais ele não terá vantagens, por isso, ‘colou’ em Lira.

Continua após a publicidade

Por que não?

Em Goiás, a movimentação para reeleger Rogério Cruz na Prefeitura de Goiânia e conquistar outros municípios, tem como meta – dependendo do cenário –, disputar o Governo de Goiás.

Olho no Joel

O secretário de Indústria e Comércio de Goiás, Joel Santana Braga (PP), aprendeu muito com o sogro – já falecido –, o pernambucano que foi vice do presidente FHC, Marco Maciel. Discretamente ele tem posicionado Goiás no protagonismo nacional e até no exterior. Agora ele busca a participação da ApexBrasil na edição da Tecnoshow Comigo nos dias 27 e 31.

Expectativa

Conforme a análise política da Xadrez desta quarta-feira (18), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), afastado do cargo por determinação do ministro do STF, Alexandre de Moraes deve retornar ao cargo breve. A pressão política só tem aumentado sobre o ministro.

Coro dos juristas

Alexandre de Moraes tem sido criticado por juristas e operadores do Direito pelo afastamento e o excesso quase ditatorial ao afastar um governador reeleito.

Rumo a 2026

Em política, o tempo pode ser uma aflição longa ou muito curta, depende de que lado se encontram os atores. Dizer que “está muito cedo para falar em 2026” pode parecer exagero para Ronaldo Caiado (UB) que mal começou o governo do segundo mandato, mas para quer deseja substituí-lo, “está logo ali, basta virar a esquina de 2024”. Assim, os pretendentes a governador esquentam os motores para a corrida”.