Coluna

Governo registra superávit de R$ 524 milhões em 2020

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 30 de junho de 2021

Em que pese o impacto da pandemia nas atividades econômicas, o Estado registrou resultado positivo, em 2020, como mostra relatório do conselheiro Sebastião Tejota, do Tribunal de Contas do Estado, em parecer prévio das contas anuais do Governo que tramita na Alego. “Não obstante o orçamento ter previsto déficit de R$ 3,66 bilhões, o Estado encerrou o exercício com superávit orçamentário de R$ 524,50 milhões”, registra Tejota. Com base nos cálculos efetuados, ele informa que a receita tributária avançou 3,16% em relação ao exercício de 2019, crescimento inferior à inflação medida pelo IPCA no período acumulado de 2020, que alcançou 4,52%. “Todavia, ao considerar todas as receitas que compõem a receita corrente líquida, observa-se que houve avanço de 7,23%”. 

Força aliada 

A base aliada do governo mostrou força na aprovação da Proposta de Emenda à Constituição que trata da fixação de novo prazo do teto de gastos do Executivo. Emplacou 27 votos a favor da matéria, contra 11 da oposição. 

Fora do ninho 

Agora membro da base do governo, o tucano Francisco Oliveira foi barrado pela bancada do partido para discutir a PEC, mas não deixou de se manifestar, com a aquiescência do presidente Lissauer Vieira (PSB). Assim como Oliveira, Talles Barreto (PSDB) também votou com o governo. 

Bico calado 

Depois de desdenhar da polícia, pela demora na captura de Lázaro Barbosa, o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), se recolheu ao Palácio do Buriti e não comentou sobre o desfecho do caso, que resultou na morte do bandido. 

Mandou recado 

Por sua vez, Ronaldo Caiado comentou os números da vacinação contra a Covid-19, de moradores do Distrito Federal, em Goiás, para mandar recado ao chefe do Executivo do DF. Disse que enquanto muitos lavam as mãos, Goiás arregaça as mangas. 

Fim do prazo 

Termina hoje o prazo dado pela Justiça Eleitoral para que os diretórios partidários apresentem contas anuais. Há previsão de penalidade para quem se omitir. 

Enel na berlinda 

Em depoimento à CEI da Enel, na Câmara de Goiânia, o gerente de energia da Agência de Regulação do Estado, Jorge Pereira da Silva, assegurou que a distribuidora de energia não cumpre o plano emergencial fixado em 2019.  

De olho em 2022 

Tendo Goiânia no roteiro para tentar se viabilizar nas prévias do PSDB, para a escolha do candidato a presidente, em 2022, o governador de São Paulo, João Doria, anuncia uma jogada política. Vai pagar R$ 300 para quem perdeu parente na pandemia e que vive em vulnerabilidade. 

CURTAS 

– Vereador Marlon Teixeira (Cidadania) apresentou três requerimentos pedido ao prefeito Rogério Cruz a criação de uma casa de apoio para acolhimento de pessoas LGBTQIA+. 

– Depois de limpar a pauta, os deputados estaduais entram em recesso a partir de hoje, após a última votação de matérias do governo. 

Compartilhe: