Coluna

Lúcia Vânia planeja fim da prioridade política em secretaria

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 09 de outubro de 2019

Depois de causar reações negativas junto à base caiadista na
Assembleia Legislativa e presidentes de partidos que apoiaram Ronaldo Caiado na
eleição de 2018, a ex-senadora Lúcia Vânia objetiva acabar com o caráter
político historicamente implantado na secretaria ligada à área social do
governo. Mesmo tendo participado das gestões tucanas, a nova secretária de
Desenvolvimento Social aponta que todos os titulares anteriores tinham como
foco a disputa de eleições. “Essa secretaria não pode ser política. Tem que ser
técnica, porque se for para atender todos os que querem participar sem ter
preparo, a gente não consegue tocar o trabalho”, define. Lúcia garante que sabe
fazer e fará a articulação com a parte política do governo, principalmente
deputados, que esperam a apresentação de trabalho social nas bases eleitorais,
mas esta não será a prioridade.

Distribuição

A ex-senadora recebeu, por óbvio, carta branca do governador
para indicações, mas manda recado a interessados. “O que eu chamo de política é
fazer uma máquina pesada e com pessoas que não sejam qualificadas”.

Na fritura

O presidente Jair Bolsonaro disse para um apoiador: “Esquece
o PSL, tá ok?”, em cochicho para um pré-candidato do partido em Recife (PE). Disse
ainda que o presidente do PSL, Luciano Bivar, “está queimado”.

Opções

Depois dos indícios de que pode deixar a sigla, logo chegou
a manifestação da UDN, que está “de portas abertas”. O partido está em fase
final de criação junto ao TSE.

Pelas beiradas

Além de Anderson Máximo, outro que pode deixar o governo
estadual por hipótese de integrar lista sêxtupla da OAB para desembargador do
TJGO é o secretário de Governo, Ernesto Roller. A articulação, no entanto,
ainda é incipiente.

Já vai?

Roller já foi citado para indicação como conselheiro do TCM
e não são poucos os que mantêm comemorações preparadas para a saída. As
conversas ainda são iniciais, já que a lista só sairá após o recesso do
Judiciário.

Na espera

Grupo que luta contra rede de alta tensão na região do
Parque Anhanguera recebeu boa notícia há dez dias: a rede será subterrânea.
Martelo foi batido em reunião em Brasília com representantes da empresa e
ANEEL.

Quem?

Portador da notícia foi o secretário Adriano Rocha Lima, um
dos representantes do Governo na conversa e que acompanha de perto a prestação
de serviço da Enel.

Antecipado

O PSD deve confirmar para segunda-feira (14) evento para
lançamento da pré-candidatura do deputado federal Francisco Júnior à prefeitura
de Goiânia em 2020. Ainda como estadual, Francisco disputou o Paço em 2016.

CURTAS

– O vice Lincoln Tejota participa nesta quinta e sexta, em
São Paulo, do “Fórum de Investimentos Brasil 2019”.

– Buscará parcerias e negócios com outros países e projetos
estratégicos para o desenvolvimento de Goiás.

– A prefeitura de Goiânia praticamente desistiu judicializar a questão da iluminação de
rodovias estaduais.  

Compartilhe: