Coluna

MDB de Anápolis na trincheira por candidatura ao Governo

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 18 de setembro de 2021

Assim como Aparecida de Goiânia, a cidade de Anápolis é mais uma trincheira dos “insurgentes” do MDB que se opõem a uma aliança do partido com o governador Ronaldo Caiado (DEM), visando as eleições de 2022. O presidente do diretório municipal, Márcio Corrêa, está na linha de frente junto com Gustavo Mendanha, na defesa de candidatura própria. a representatividade de Correa está amparada nos 16,49% de votos do terceiro maior eleitorado do Estado, no pleito de 2020, ficando na terceira colocação na disputa pela prefeitura. Para ele, o MDB, depois de disputar todas as eleições, a partir de 1982, não pode ser coadjuvante. E manda recado, dizendo que o partido não tem dono. 

Na jugular  

Em recado direto ao ainda aliado Gustavo Mendanha, Daniel Vilela diz que cabe a ele se curvar diante da vontade da maioria dos emedebistas, que deram aval à aliança com o Democratas. Simples assim. 

Novo rumo 

Sem espaço na chapa governista, para disputar a reeleição, o senador Luiz do Carmo já está praticamente definido a sua filiação ao PSC, comandado pelo seu irmão Eurípedes do Carmo. Pode ser também a opção de Gustavo Mendanha. 

Resistência  

Dos prefeitos do MDB que foram forçados a deixar o partido, em 2019, por terem apoiado Ronaldo Caiado, e não Daniel Vilela, apenas Adib Elias, que agora está no Podemos, ainda resiste contra aliança articulada pelo filho de Maguito Vilela. 

Guerra das vacinas 

Estados que fazem ou que têm resistência pontual a atos do presidente Jair Bolsonaro contrariaram determinação do Ministério da Saúde e continuam vacinando jovens, como é o caso de Goiás. 

Intromissão  

Líder na pesquisa Datafolha, Lula mede o bedelho na sucessão em Goiás e faz reparos à aliança do MDB com o Democratas, por considera o processo como recuo emedebista. Bom lembrar que em 2010, o PT apoiou Iris Rezende. 

Voz à oposição  

Depois de reclamações de vereadores, o presidente da Câmara de Goiânia, Romário Policarpo (Patriota) decidiu que a Mesa Diretora vai instituir a liderança de oposição, hoje restrita a três parlamentares. 

Força do ICMS 

Com projeção de arrecadar R$ 30,74 bilhões, a Estado tem quatro meses para atingir essa meta, considerando que, nos primeiros oito meses de 2021, a receita atingiu R$ 20,87 bilhões. Cerca de 71% veio do ICMS. 

Efeito Ipasgo 

Presidente da Comissão de Saúde da Alego, o deputado tucano Gustavo Sebba foi às redes sociais para repercutir decisão do Tribunal de Contas do Estado, que acatou medida cautelar para que o Ipasgo não reduza atendimento a usuários. 

CURTAS 

– Ainda com Iris Rezende na UTI, a ex-primeira-dama Iris de Araújo se submeteu a procedimento cirúrgico para retirada de cálculo no ureter. Ela diz que volta logo à ativa. 

Compartilhe: