Coluna

“Nem penso em política”, garante Lúcia Vânia sobre 2020

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 28 de dezembro de 2019

A ex-senadora Lúcia Vânia nega qualquer possibilidade de
atuar como articuladora política da base do governador Ronaldo Caiado (DEM),
que entra em 2020 em busca de consolidação de grupo, por meio da eleição de
prefeitos aliados nas principais cidades do estado. A secretária de
Desenvolvimento Social rejeita especulações de que estaria utilizando a
estrutura da pasta para aparelhar sua conhecida base política pelo interior.
“Nem penso em política. Meu sonho é entregar a secretaria com a questão do
socioeducativo resolvida no estado de Goiás”, afirma. Sobre o histórico
oportunismo político de ex-secretários à frente da área social, Lúcia conta: “A
secretaria tinha muitos mutirões e eu cortei porque dá muito gasto e é dinheiro
jogado no ralo. Conversei com os deputados e com os prefeitos mostrando que a
gente poderia fazer um mutirão de forma diferente”, afirma a secretária.

Serviços reais

A última versão dos chamados “mutirões” era denominada “Ação
Cidadã”, realizada pela gestão tucana. Lúcia Vânia defende que ações
itinerantes sirvam para trabalhos pontuais, como de prevenção em saúde e tapa
buracos em rodovias.

Parceria

Mesmo alegando ignorar a política pessoal, a ex-senadora
admite receber deputados com demandas para bases eleitorais. “Eu tenho recebido
todos com carinho e tenho tido a parceria deles na minha forma de estruturar a
secretaria”.

Agenda

Para 2020, a pasta de Desenvolvimento Social pretende
entregar, junto com a Goinfra, Centros de Atendimento Socioeducativo em
Itaberaí, Itumbiara e Porangatu.

Tempo de casa

Iris Rezende (MDB) fez balanço positivo sobre os primeiros
12 meses da gestão de Ronaldo Caiado (DEM) em Goiás. Em entrevista à Xadrez,
afirmou que tem “dado tempo ao governador para colocar as coisas em seus
devidos lugares”.

Novos projetos

O prefeito considera que “o relacionamento entre prefeitura
e estado é 100% positivo” e que “quando ele estiver com todo o governo
regularizado, vamos levar nossos projetos comuns para parcerias”.

Característico

Questionado sobre se o governador já apresenta algum
resultado positivo na recuperação do estado, Iris define que “ele tem
trabalhado de dia e de noite e é merecedor dos nossos cumprimentos”.

À Justiça

O deputado federal Elias Vaz (PSB) entrou com ação no STF para
suspender a mudança do presidente Jair Bolsonaro sobre regras de escolha dos
dirigentes das universidades e institutos federais. Pedido ao presidente, Dias
Toffoli.

Reforço

O Ministério da Justiça autorizou a prorrogação do emprego
da Força Nacional de Segurança Pública em apoio em Goiânia até dia 24 de junho
de 2020.

CURTAS

– A ANP lançará o aplicativo “ANP no posto” para que consumidores
acompanhem os preços dos combustíveis.

– Enquanto isso, segue no papel o projeto de retomada do
goiano “Olho na Bomba”, que passaria ao Procon/GO.

– Balanço da Secretaria de Educação de Goiânia mostra
criação de 2 mil vagas na educação infantil em 2019.

 

Compartilhe: