Coluna

Prefeitura de Goiânia comete “sucessão de atos irresponsáveis”, diz Drª Cristina

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 11 de agosto de 2020

A pré-candidata à prefeitura de Goiânia, vereadora Dra.
Cristina (PL), apresentou questionamento à forma como Iris Rezende (MDB) e a
secretária de Saúde, Fátima Mrué, lideram o combate à pandemia e a ampliação dos
testes para Covid-19 na capital. Para a vereadora, a testagem nos bairros,
iniciada na última semana no Jardim Guanabara, é novo exemplo “inacreditável”
de desorganização. “A secretaria fez ‘evento’ para lançar a campanha de testes.
Como assim? Promover aglomeração durante a pandemia? E testagem em massa no
momento de pico da doença?”, questiona a pré-candidata de oposição. Além disso,
Cristina caracteriza a gestão da prefeitura na pandemia como sendo “uma sucessão
de atos irresponsáveis”, ao considerar, por exemplo, o não cumprimento de
protocolos de higienização e quarentena de servidores na linha de frente da
saúde.

Rombo zero

Secretaria Municipal de Finanças, com a posse de Zilma
Peixoto, passou a apontar que 2020 será fechado sem déficit entre receitas e
despesas. A nova titular aponta que pegou a gestão “organizada” e que há
reservas suficientes.

Em caixa

Sem detalhar valores, Zilma afirma que “todos os projetos e
obras tem recursos garantidos por empréstimos” e que a administração “está
preparada para fazer todas as despesas relativas ao tesouro municipal”.

No azul?

Questionada então sobre possível saldo positivo, a
secretária confirma expectativa de que a melhora na economia cause “um
superávit para que vier a assumir a prefeitura”.

Resposta

Sobre proposta do vereador Paulinho Graus (PDT), a Hemorrede
Pública de Goiás informa que o Hemocentro de Goiânia já leva o nome do
ex-prefeito Nion Albernaz.

História

O governador Ronaldo Caiado sancionou a mudança no ano
passado e o edifício no Setor Coimbra passou a se chamar Hemocentro Coordenador
Estadual de Goiás Prof. Nion Albernaz. Proposta do então deputado estadual
Lincoln Tejota.

De novo

A deputada estadual Lêda Borges (PSDB) teve nova condenação
em processo referente à gestão enquanto prefeita de Valparaíso. Agora, deve
pagar multa de 10 salários por conta de contratação ilegal de empresa.

O caso

A prefeitura contratou em 2011 a Paranaíba Engenharia e
Construções Ltda para serviços de engenharia civil, mas a administração já
tinha vínculo com o engenheiro Clésio Joaquim Pereira, sócio da construtora.

Debate aberto

A Câmara Municipal de Goiânia vai realizar entre 17 e 21 de
agosto mais cinco audiências públicas para discutir o novo Plano Diretor. As
data foram mantidas após acordo com as promotorias de Meio Ambiente e de
Urbanismo do MP.

CURTAS

– O empresário Douglas dos Reis, dono da maior rede de
postos de combustíveis de Goiás , entrou na briga por candidatura em Trindade.

– Douglas se apresenta como alternativa no PSDB ao nome, já
apoiado por Jânio Darrot, de Marden Júnior (Patriota).

– A Justiça suspendeu
a previsão de retomada de aulas práticas em cursos superiores na área de Saúde em
Mineiros.

 

Compartilhe: