Coluna

Presidente critica projetos inconstitucionais na Câmara

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 03 de março de 2018

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Andrey Azeredo
(MDB), reforçou as críticas aos colegas por conta de seguidos projetos
aprovados em comissões e no plenário, mesmo com parecer contrário da
procuradoria da Casa. O vereador considera que, quando se trata de matérias
tributárias, há defesa institucional em Ações Diretas de Inconstitucionalidade
movidas pela prefeitura na Justiça, mas no caso de outras matérias, o caso é de
aperfeiçoar a qualidade dos projetos apresentados. “Já tratei esse assunto com
os vereadores em diversas reuniões. É preciso fazer uma autocrítica da
qualidade de muitos projetos que estão sendo apresentados para que não tenhamos
essa enxurrada de ações na Justiça”, afirma o presidente, que prefere não citar
diretamente os vereadores e tratar a questão de forma genérica. “Alguns
entendem que o Iris quer governar no Judiciário, mas não é o caso. Entendo que
muitas matérias inconstitucionais mesmo. É preciso compreender que o espectro
de ação do vereador é muito estreito”, define.

Na Justiça

As empresas associadas ao Sindicato do Comércio Atacadista
no Estado de Goiás (Sinat-GO) estão suspensas da exigibilidade do pagamento do IPTU
em Goiânia, até o julgamento do mérito, por conta de uma liminar.

Pagamento

Por conta da liminar, os associados devem fazer o depósito
do valor integral em juízo. O resultado foi alcançado após o ajuizamento de um
mandado de segurança pelo Sinat-GO.

Jovair nega esquema

O deputado federal Jovair Arantes (PTB) nega que sejam
verdadeiras as denúncias mostradas pela revista Veja, que traz denúncia
envolvendo o parlamentar e a influência dele no Ministério do Trabalho. O
parlamentar teria recebido propina para liberar o registro do Sindicato das
Pequenas e Micro Empresas de Transporte Rodoviário de Goiás (Sintrave). O
esquema estaria sob investigação da Polícia Federal e foi descoberto após
denúncia do presidente do Sintrave, Afonso Rodrigues, que, tentando descobrir
porque seu pedido de registro estava parado no Ministério, tomou conhecimento
de que poderia resolver a questão pagando propina de R$ 4 milhões ao PTB e ao
Solidariedade, por meio de lobistas. Em nota, o líder da bancada goiana diz que
“não conhece os tais lobistas, jamais
teve qualquer relação com eles e sequer soube do assunto que pretensamente os
interessava. Em nenhum momento, Jovair Arantes autorizou que seu nome fosse
usado por eles ou por qualquer outra pessoa em tratativas com entes públicos”.

CURTAS

Conectadas – A
escola de SuperGeeks realiza de quinta até sábado a 1ª Semana de Tecnologia
Geek para Meninas, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.

Investimento – A
Seduce iniciou a entrega de 20 mil novas carteiras nas escolas de 14 cidades.
Foram investidos R$ 4,4 milhões, de recursos do próprio governo.

Otimismo
Balanço de 2017 da Sicredi Brasil Central registrou crescimento geral de 20% e
otimismo dos empresários cooperados em 21 estados.


Pleito único

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), confirmou
que, se o projeto de candidatura à Presidência da República na eleição deste
ano não der certo, não deseja pleitear outro cargo e continuará como ministro
da Fazenda até o fim de 2018.

Sondagem

“Já solicitei pesquisas qualitativas para saber o que a
população espera do próximo presidente. A partir dos resultados, vou avançar
para a conversa política”, afirmou Meirelles, em entrevista à Rádio CBN
Goiânia.


Top 10

O Procon Goiás divulgou o ranking de fevereiro de 2018 com
as 50 empresas que mais geraram reclamações por parte dos consumidores ao
órgão. Desta vez, a Celg-D passou a figurar entre os primeiros dez colocados,
após a privatização.


Resgate histórico

O livro “O Poder Legislativo em Goiás – Memórias e
Registros”, de autoria dos professores Francisco Itami Campos e Denise Paiva,
será lançado pelo presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), na
quinta-feira (8), às 18 horas.


Pesquisa

A obra é o resultado de parceria entre a Assembleia e a
Universidade Federal de Goiás. No mesmo dia, Vitti também fará o lançamento do
documentário “Trajetória e vida de Berenice Artiaga”, produzido pela TV
Assembleia. 


Entrega

Goiás deve ser o primeiro estado a concluir todas as ações
previstas no PAC Cidades Históricas. O Iphan entregará nesta quarta-feira (7) a
última obra ligada ao programa: a sede da prefeitura da cidade de Goiás. 

 

Compartilhe: