Coluna

Prévias do PSDB têm baixa representatividade em Goiás

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 18 de novembro de 2021

À margem do debate presidencial – polarizada entre Bolsonaro e Lula, e tendo o ex-juiz Sergio Moro despontando como terceira via – o PSDB vai às prévias para escolher o candidato a presidente, em 2022, com uma baixa representatividade. Favorito na disputa, o governador de São Paulo, João Doria, deve ser escolhido por apenas 3,3% dos mais de 1,35 milhão de filiados no país. Em Goiás, a procura para cadastramento para as prévias foi também baixa, diante de mais de 73 mil filiados ao partido. O cenário, de acordo com um tucano de alta plumagem, ainda reflete o fracasso do PSDB, nas urnas, em 2018, com a derrota de José Eliton, que buscava a reeleição ao governo, e de Marconi Perillo, ao Senado. E mais: há um racha entre os candidatos, com denúncias de filiações irregulares. 

Fora da pauta 

Presidente da Goinfra e interino da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Pedro Sales acompanhou do plenário da Assembleia a votação do projeto que anistia servidores da empresa de economia mista, proposta pelo deputado Bruno Peixoto (MDB). Mas a matéria foi retirada de pauta. 

Sem trégua 

A disputa pelo PL em Goiás, caso o presidente Jair Bolsonaro a ele se filiar, não terá trégua. De acordo com o senador Wellington Fagundes (MT), os palanques estaduais serão discutidos caso a caso. E no Estado, o deputado federal Major Araújo trava disputar com Magda Mofatto (PL). 

Defesa   

Ao responder a questionamento do deputado Delegado Humberto Teófilo (PSL), Wilde Cambão (PSD), enquanto presidia a sessão de ontem, disse não acreditar que assessores estariam votando projetos no lugar de deputado, defendendo o sistema híbrido. 

Investigação  

Para investigar a suposta participação da filha do ministro da economia, Paulo Guedes, em offshore nas Ilhas Virgens, o deputado federal Elias Vaz (PSB-GO), protocolada representação no Ministério Público Federal. O patrimônio seria de R$ 50 milhões. 

Sem sabatina 

De nada adiantou o requerimento do senador Jorge Kajuru (Podemos), que pedia que a CCJ marcasse a sabatina de André Mendonça, indicado por Bolsonaro para o STF, para terça-feira. O pedido foi negado. 

Painel de 2022 

No dia 8 de dezembro, a Federação Goiana de Municípios promove o encontro anual de gestores municipais sobre desafios e perspectivas para o ano que vem. 

Orçamento  

Coordenador do programa Goiás de Resultados, o vice-governador Lincoln Tejota (Cidadania) discutiu com a secretária da Economia, Cristiane Schmidt, sobre o volume e liberação de recursos para 2022. 

Alteração  

Por decreto, o governo alterou o regulamento da ordem cronológica de pagamentos de créditos, e uma delas é sobre valores que não ultrapassem o limite de R$ 100 mil, que será estabelecida, separadamente, para as categorias de contratos de realização de obras e de serviços de manutenção de veículos automotores. 

CURTAS 

– O Palácio das Esmeraldas pode receber o nome do ex-prefeito e ex-governador Iris Rezende, por iniciativa do deputado Charles Bento (PRTB), que justifica a matéria pelo histórico político dele.

Compartilhe: