Quinta-feira, 26 de janeiro de 2023

Coluna

Principais cidades do Entorno discutem nomes para prefeito

Publicado por: Wilson Silvestre | Postado em: 05 de dezembro de 2022

O brasileiro já está acostumado em ter que voltar às urnas de quatro em quatro anos, portanto, as discussões para a próxima eleição em que serão escolhidos prefeitos e vereadores, começam a fazer parte das especulações sobre nomes. Por enquanto ainda está restrito ao círculo político e de empresários com interesses junto às prefeituras. Em Águas Lindas, o atual prefeito, Lucas Antonietti (Podemos) vai disputar a reeleição e, entre seus adversários, quem mais se destaca é o ex-prefeito, Hildo do Candango (Republicanos). O grupo dele é forte, tem capital político e o que mostrar em termos de boa gestão. Fala-se que sua mulher, Aleandra Sousa pode ser a candidata. Ela tem potencial e é tida como a ‘Michelle Obama de Águas Lindas’ devido ao seu trabalho social. Valparaíso de Goiás, o prefeito Pábio Mossoró (MDB) está no segundo mandato e terá que bancar um nome dentro de seu grupo. Existem muitos aliados que tem pretensões de conquistar seu apoio, mas duas mulheres se apresentam com mais força: a professora e secretária de Educação municipal, Rudilene Nobre e a deputada estadual eleita, Zeli Fritsche (PRTB). Outro nome que pode vir forte é o do vereador e ex-presidente da Câmara, Plácido Cunha (Avante). O desafio de Pábio é montar um grupo competitivo já que a sua adversária política no município, deputada federal, Lêda Borges (PSDB), deve apoiar alguém. O teste para Pábio permanecer na liderança é fazer o sucessor.

Cristalina aparece

Depois de manter-se por quase seis anos no anonimato, a rica Cristalina reaparece no cenário político, até recentemente era como um mosteiro afeto à clausura e com restritos contatos exteriores. O ex-presidente da Câmara de Vereadores, Jean Eustáquio (MDB) quer mudar esse estigma e se apresenta como candidato a prefeito. Ele é um concorrente de peso pois conta com o apoio de grupos fortes, mas deve enfrentar o vice-prefeito, também do grupo, Dr. Luís Otávio (Cidadania).

Continua após a publicidade

Bruno Peixoto eleito?

Se depender do que diz a mídia, o deputado Bruno Peixoto (UB) já está eleito presidente da Alego e praticamente com a Mesa Diretora do legislativo goiano definida. Mas, Xadrez conversou com três deputados e eles foram unânimes em afirmar que ainda tem muito a ser discutido.

Prós e contra

Embora todos reconheçam a fidelidade de Bruno ao governador Caiado e sua competência, existem mais coisas que vão além dos valores pessoais. Caiado precisa de gente leal a ele, mas também de um bom articulador político que não tenha arestas e saiba dialogar com os principais segmentos produtivos do Estado. Segundo mandato não é fácil de ser mantido com elevado índice de aprovação e Caiado precisa de capital popular para se manter no jogo do cenário nacional.

Economia com Haddad

Lula está decidido a ter Fernando Haddad como piloto do Ministério da Economia, mas ele será o navegador. Para a maioria dos integrantes da equipe de transição no CCBB, o presidente não tem outro nome e sinaliza que o mercado vai ter que engolir a indicação. Lula tem dito a pessoas próximas, que outro nome não iria seguir à risca suas determinações. A conferir.

Drama da passagem

Diferente do governador Ronaldo Caiado (UB), o do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), autorizou aumento médio de 25% na tarifa do transporte urbano entre Brasília e o Entorno. Revolta entre os usuários, todos trabalhadores que só tem o ônibus para locomover. A passagem mais cara é o trajeto entre Planaltina de Goiás a Brasília que saltou de R$ 7,85 para R$ 9,80.