Coluna

Rastreamento de casos será condicionado a decreto em Goiás

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 03 de julho de 2020

O trabalho de testagem detalhada por contato em casos de
infecção por coronavírus, anunciada como uma das medidas na fase crítica da
pandemia em Goiás, será realizado com o apoio do governo estadual apenas nos
municípios que optarem por seguir o decreto de isolamento social. O governador
Ronaldo Caiado (DEM) confirma que a colaboração entre autoridades de saúde será
realizada onde houver adesão à quarentena alternada, com 14 dias de atividades
econômicas fechadas e igual período de abertura. “O rastreamento depende muito
da adesão do prefeito. Não tem como fazer se não houver adesão porque, quando
se identifica um positivo, é preciso identificar os familiares, pessoas do
grupo de risco, colocar em quarentena e fazer os testes. Para ter resultado
prático, não tem como o estado fazer sem a participação de quem pilota esse
processo em cada município”, avisa o governador.

Levantamento

Avaliação preliminar no governo estadual aponta que ao menos
60 cidades, das 246 goianas, decidiram repetir regionalmente a determinação de
isolamento 14 por 14.

Educação financeira

Instituto Sicoob e Central Sicoob Uni realizam até hoje lives
diárias sobre educação financeira, empreendedorismo e cooperativismo, com conteúdo
educativo, sempre às 19h no canal do Instituto Sicoob no YouTube.

Tabuleiro

A indicação por Ronaldo Caiado de Hélio Lopes à presidência
do Ipasgo tira da eleição em Anápolis importante adversário do prefeito Roberto
Naves. Com alinhamento, Naves retomou fechamento de atividades na cidade.

Orientação

A coordenadora da área de Saúde do Centro de Apoio
Operacional do Ministério Público estadual, Karina D’Abruzzo, confirma
recomendação a promotores contra o uso de medicamentos sem comprovação
científica contra a covid-19.

Tratamento

A promotora respondeu sobre o chamado “kit covid”, que
inclui azitromicina, ivermectina, zinco quelado e cloroquina, que em Goiás é
distribuído em Trindade, mas é considerado por outros prefeitos.

Ineficácia

“Não há resultado científico sobre a eficácia dos
medicamentos, principalmente em casos leves, mas qualquer ação depende da
atuação dos promotores nas regiões, que têm autonomia para decidir”, explica
Karina.

Cobrança direta

Produtores rurais de Rio Verde tiveram reforço do presidente
da Alego, Lissauer Vieira (PSB), em cobrança por medidas preventivas a
incêndios no cerrado, o que pode ocasionar quedas de energia na região.

Avaliação

O pedido foi feito nesta semana em reunião pela internet com
o diretor de Relações Institucionais da Enel Goiás, Humberto Eustáquio, que
prometeu resposta.

CURTAS

– Guilherme Benchimol, Fundador e CEO da XP Inc, é o
convidado do LIDE Futuro para mentoria on-line na segunda-feira (06).

– A participação ocorre às 18h30 em evento exclusivo para
filiados. Ele abordará a recente polêmica entre XP e Itaú.

– Com eleições adiadas, Iris Rezende pode manter suspense
sobre candidatura até o novo prazo de convenções – 26 de setembro.

 

Compartilhe: