Coluna

Rodney Miranda se insurge contra decisão de Pazuello

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 05 de março de 2021

Diante
da morte de dezenas de policiais civis, militares e do Corpo de Bombeiros, o
secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, não escondeu sua
indignação com decisão do Ministério da Saúde em vacinar, primeiros, os
detentos em penitenciárias do País, contra a Covid-19. A última vítima no
Estado é o tenente da PM Diogo Oliveira de Castro Almeida, que faleceu na
última quinta-feira. Em suas redes sociais, o secretário recebeu o apoio de
internautas, que entendem que os policiais estão expostos ao vírus, muito mais
que os que estão presos. Miranda foi direto ao assunto: “Faremos o que for
preciso para que nossos guerreiros da segurança pública sejam imunizados o
quanto antes. 

Passando
a bola 

Depois
da reação, o ministro da Justiça, André Mendonça, vai ter que se entender com
Eduardo Pazuello, se prioriza ou não as força policias para a vacinação. 

Novo
rumo 

Depois
de assinar ficha de filiação ao Patriota, o ex-prefeito de Trindade, Jânio
Darrot diz que sonha com um Estado menos pautado por picuinhas políticas e mais
focado no desenvolvimento econômico e social. 

Emergencial 

Com o
recrudescimento da pandemia, o prefeito Rogério Cruz convocou para este sábado
reunião com o governador Ronaldo Caiado e os demais prefeitos da região
metropolitana de Goiânia, para a tomada de novas medidas de combate à
Covid-19. 

Não
colou 

A ideia
manifestada pelo presidente do Secovi, Marcelo Baiocchi, de paralisação total
do transporte coletivo não agradou a muitos empresários, que alegam não ter
condições de bancar transporte particular de seus funcionários.

Agora
não

A
suspensão das sessões na Alego, por conta da pandemia, esfriaram as
conversações sobre a ampliação da base aliada, que só deverão ser retomadas no
retorno aos trabalhos em plenário.

 

Essencial

Com o
mesmo argumento usado pela prefeitura de Goiânia, de que a prática religiosa é
essencial em tempos de pandemia, o ministro da Justiça, Mendonça, André
Mendonça, questiona os aviões lotados e sem distanciamento entre
passageiros. 

Veto

Os
dirigentes da Assembleia Legislativa do Pará serão impedidos de tomar posse,
depois que o ministro Alexandre de Moraes deferiu liminar em ação direta de
inconstitucionalidade do procurador-geral da República, Augusto Aras. Eles já
haviam sido reconduzidos para o mesmo cargo. 

Na mira
do STF 

Para o
deputado federal Rubens Otoni (PT), se o presidente da Câmara dos Deputados,
Arthur Lira (PP)
 tinha
esperança de que na presidência da Casa seus processos na Justiça seriam
engavetados parece ter se enganado. O STF manteve a denúncia contra ele por
suposto recebimento de propina. 

 

CURTAS

– A
Executiva do Progressistas prepara programação especial para o Dia
Internacional das Mulheres, com imagens de prefeitas e vice-prefeitas no
exercício do mandato e fora dele, com depoimentos. 

 

Compartilhe: