Coluna

Rogério Cruz diz que vai honrar sonho de Maguito

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 13 de janeiro de 2021

Venceslau Pimentel

Treze dias depois de assumir a prefeitura de
Goiânia, interinamente, com o pedido de licença de Maguito Vilela, Rogério Cruz
(Republicanos) lamentou a morte do companheiro de chapa. “Goiás perde um
homem simples, conciliador e agregador. Eu perco um amigo e uma grande
referência como homem público”. Garantiu que ele, juntamente com sua
equipe, vai colocar em prática o que emedebista desenhou para a capital,
“e que o sonho colocado em papel agora temos que executá-lo. E esse será um
grande prazer nosso”, asseverou, visivelmente emocionado. Para ele, não tem
forma mais bonita de honrar o legado dele do que entregar à população os
compromissos por ele apresentados. 

Solidário 

O governador Ronaldo Caiado (DEM) dedicou todo o
dia de ontem para homenagear Maguito Vilela. Colocou o Palácio das Esmeraldas à
disposição da família e do prefeito Rogério Cruz, para o velório. “Dia triste
na história de Goiás”, disse. 

Elogio

Pelas redes sociais, Iris Rezende afirmou ter
recebido com pesar a morte do amigo Maguito, a quem classificou como um notável
homem público. E que o
 momento é de dor. 

Porta-voz 

Sem
nenhuma manifestação de Jair Bolsonaro, coube ao vice Hamilton Mourão destacar
Maguito como uma liderança expressiva em Goiás e no Brasil. Lamentou
profundamente o falecimento dele.

 Legado 

Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia
(DEM) enviou abraço fraterno a Daniel Vilela, pela 
partida precoce Maguito
Vilela, a quem disse ser amigo. “Daniel Vilela, certamente, levará adiante a
luta e a história do pai”. 

 Parceria

Substituto de Rogério Cruz, caso seja
necessário assumir temporariamente a prefeitura, o presidente da Câmara,
Romário Policarpo (Patriota), diz ser grato a Maguito. 

Barreira 

Foi parar no STF questionamento do
PSC que se coloca contra 
permitir
que suplentes sejam empossados nos cargos sem terem obtido votação nominal de
10% do quociente eleitoral. Goiânia acompanho o imbróglio.

Gastança 

Para apurar gastos
em saúde no valor de R$ 7,6 milhões, o MP vai apurar prestação de contas de
recursos em Ceres. O promotor Marcos Alberto Rios diz que fica difícil de
acreditar que esse dinheiro tenha sido usado de forma regular. 

Vácuo 

Deve provocar discussões o projeto do
deputado José Nelto (Podemos) que, para reduzir os gastos públicos na pandemia,
proíbe que a União, estados, DF e municípios admitam ou contratar pessoal até
31 de dezembro de 2021. 

CURTAS 

– Termina nesta sexta-feira o
prazo para apresentação de emendas ao orçamento que o governo estadual enviou a
Alego. 

– Ligado ao esporte, o ex-vereador Zander Fábio é o
novo secretário executivo da pasta. 

 

Compartilhe: