Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Coluna

Saída da equipe de Finanças mostra ‘desajuste’ do Paço

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 18 de julho de 2020

Rubens Salomão

A decisão do ex-secretário municipal de Finanças, Alessandro
Melo, junto com auxiliares diretos do segundo escalão na pasta, deu combustível
para pré-candidatos da oposição a Iris Rezende (MDB). O processo de crise
interna, que escalou para conflito no secretariado, escancara interesses e
disputas políticas de aliados de olho na eleição deste ano. “Essa saída mostra
claramente o desajuste de relacionamento que essa gestão apresentou durante
esses quase quatro anos. Não há um trabalho sinérgico, em que uma secretaria
completa a outra. Muito pelo contrário”, analisa a vereadora Dra. Cristina
Lopes (PL). As divergências entre Finanças e Saúde ganharam volume durante a
pandemia e turbinaram as já conhecidas insatisfações de aliados políticos, por
conta das negativas do ex-secretário às demandas relacionadas ao projeto
eleitoral de iristas – até Alessandro ser derrubado.

Prioridade

Continua após a publicidade

No discurso público, o Paço pretende valorizar a trajetória
de recuperação das contas pela Sefin. Internamente, auxiliares de Iris comemoram
o que pode representar a inauguração oficial da campanha política na máquina
municipal.

Cômputo geral

“Fica essa intransigência, especialmente com a secretária de
Saúde, que é omissa e não tem ética com toda a equipe”, define Cristina.

Ausência

Já o pré-candidato do PSDB, deputado estadual Talles
Barreto, aponta que a “demissão coletiva tem consequências desastrosas para um
final de governo” e que o prefeito Iris Rezende “está devendo uma explicação”.

Suspeitíssima

O Ministério Público Estadual instaurou inquérito civil
público para apurar possíveis irregularidades na Codego, quando da confirmação
de venda de área no DAIA, em Anápolis, para empresa do filho de Carlos
Cachoeira.

Batalha

A proposta de construção de shopping na região se tornou
alvo de batalha jurídica e o MP investiga o contrato com a empresa ETS
Importação e Exportação. Não houve avaliação dos imóveis envolvidos e o preço foi
considerado “ínfimo”.

Campanha

O governador Ronaldo Caiado (DEM) sancionou lei que institui
a política estadual “Na Hora de Abastecer, Escolha Etanol” – matéria
apresentada por Lissauer Vieira (PSB).

Novo auxílio

A Secretaria Estadual de Cultura (Secult) realiza segunda-feira
(20), às 18h30, debate sobre a Lei de Emergência Cultural, batizada em
homenagem a Aldir Blanc, e a destinação dos recursos em Goiás.

Participação

A conversa será apresentada pelo secretário Adriano Baldy e
terá transmissão ao vivo pelo YouTube da Secult Goiás. Foram convidados representantes
e especialistas de diversos segmentos para tirar dúvidas e sugestões.

CURTAS

– A FIEG lança segunda-feira (20) o Programa Indústria +
Forte, que disponibilizará qualificação profissional gratuita.

– O projeto busca “reverter a crise que afeta,
indistintamente, o mercado de trabalho e o próprio setor produtivo”, segundo
justificativa.

– A partir da próxima edição, o jornalista Samuel Straioto
assume a edição diária desta coluna. Férias!