Saneago não terceiriza cobrança

Postado em: 15-02-2016 às 00h00
Por: Redação

Em acordo firmado perante a 7ª Vara do Trabalho de Goiânia, a Saneamento de Goiás S/A (Saneago) se comprometeu a deixar de terceirizar a cobrança judicial de débitos de seus clientes. A estatal vinha contratando escritórios de advocacia ao invés de nomear e dar posse aos candidatos aprovados no último concurso público para o cargo de advogado. Caso descumpra alguma das obrigações acordadas, a empresa terá de pagar multa diária de R$ 10 mil por contrato mantido de forma irregular.

Começo

Pelo acordo, a Saneago se comprometeu, a partir de agosto deste ano, a não encaminhar novas cobranças aos clientes inadimplentes para os escritórios contratados. Segundo o procurador do Trabalho Marcello Ribeiro Silva, responsável pelo caso, o prazo de seis meses foi concedido para assegurar o devido andamento dos processos, já que a nomeação, posse e entrada em exercício dos advogados aprovados na seleção demora certo tempo para ocorrer.

 

Compartilhe: