Ex-médico condenado por abusar de crianças continua foragido

Antônio Claret de Lima teve prisão decretada por abusar sexualmente de crianças com idades entre 8 e 10 anos. Outros três envolvidos se encontram presos

Postado em: 15-03-2016 às 18h00
Por: Redação
Antônio Claret de Lima teve prisão decretada por abusar sexualmente de crianças com idades entre 8 e 10 anos. Outros três envolvidos se encontram presos

O Supremo Tribunal Federal (STF), decretou hoje (15) a prisão de ex-médico e outros três condenados por crimes sexuais contra crianças em 2007. Carlos Elias de Oliveira França, Marina José de Souza e Marinalda Mendes Vieira foram presos ontem (14). Apenas um dos condenados, o ex-médico Antônio Claret de Lima, 61, apontado com o principal abusador, continua foragido.

Os réus foram condenados pelos crimes cometidos contra três crianças, com idades entre 8 e 10 anos. Os três detidos são acusados de  aliciar as vítimas, que foram abusadas pelo ex-médico. Apenas Marinalda, que era babá de uma das meninas, não teria praticado nenhum ato de violência sexual contra as crianças. A pena da mulher foi fixada em 7 anos de prisão. 

Continua após a publicidade

Já Carlos Elias e Marina, que teriam praticado abusos contra algumas das vítimas, foram condenados, cada um, a 10 anos de reclusão. A pena para Antônio Claret, que, conforme o MP, articulou o aliciamento das crianças e foi o principal abusador, foi a maior do grupo, 26 anos e 8 meses de reclusão em regime fechado. (MP/GO) 

Foto: reprodução

Veja Também