Coordenadora Pedagógica é vítima de feminicídio na cidade de Águas Claras

Ela e o namorado foram mortos e carbonizados pelo ex marido que não aceitava o fim da relação

Postado em: 29-08-2016 às 16h40
Por: Redação
Ela e o namorado foram mortos e carbonizados pelo ex marido que não aceitava o fim da relação


Izabella Mendes

Um crime na manhã do último sábado (27) chocou toda a população na cidade de Águas Claras, entorno do Distrito Federal. Milena Barbosa (33) desde março vinha recebendo ameaças do ex- marido, o policial aposentado Orlando Melo (49) que não aceitava o fim do casamento, foi assassinada e carbonizada dentro de casa junto ao namorado.  

A vítima que tem duas filhas com o acusado e chegou a ser agredida fisicamente e moralmente, conseguiu pela justiça uma ordem de restrição contra o criminoso, que acabou por meio da defesa conseguindo adiar sua prisão preventiva.

Continua após a publicidade

A Polícia Civil (PC) suspeita que ao chegar em casa com o namorado, também professor e colega de trabalho Antônio Vidal (36), Milena tenha sido surpreendida pelo ex marido, que efetuou disparos contra ela e o companheiro. Com o sangue das vítimas, o policial escreveu na parede a palavra “traição” e em seguida carbonizou o corpo do casal dentro do carro na garagem da casa.

Em depoimento familiares do criminoso informaram que ele havia passado na casa da mãe em Ceilândia, também no entorno do DF, onde fez uma mala de roupas e partiu logo em seguida. A PC agora recolhe pistas para poder encontrar e prender o responsável pela barbárie.

Veja Também