Programa atende alunos do Centro

Dentre os 15 bairros considerados de maior índice de criminalidade, está o Centro de Goiânia. Por isso, os mais de 1.200 alunos

Postado em: 30-08-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa

Dentre os 15 bairros considerados de maior índice de criminalidade, está o Centro de Goiânia. Por isso, os mais de 1.200 alunos do Colégio Claretiano Coração de Maria foram selecionados pelo Grupo Executivo de Enfrentamento às Drogas (Geed) para nesta terça-feira, dia 30, às 10 horas, aprender como evitar as drogas, através de uma dinâmica que envolve música e a dança através de ritmos de street dance e break dance. É o Projeto VemSer que está fazendo sucesso por onde passa por conta da estratégia de trabalho.
“O Geed aproveita esse o potencial dos estudantes para oferecer as diversas formas de lazer, entretenimento e convivência saudáveis, através da música, esporte e dança, buscando prazer em atrativos construtivos e longe das drogas, explica Ivânia Fernandes.
Dentro do Projeto Vemser está o Grupo de Rock EX4 de São Paulo, que já fez mais de 100 apresentações, reunindo 70 mil alunos de escolas públicas. Os integrantes do grupo foram treinados pela PM paulista e conseguem chegar aos estudantes para ação antidrogas com uma linguagem simples, entremeando músicas, recados e depoimentos de quem “teve tudo para não seguir em frente, mas não se deixou levar pelo fracasso”. É o caso do baterista Robson Caffé que foi vítima de bulling na escola, apanhou de colegas, e sofreu preconceito por ser negro e pobre. Mas soube levar adiante seu projeto de tocar um instrumento musical e trabalhar por um mundo melhor, ser feliz e sorrir pra vida.
O grupo de street dance e break dance coordenado por Warlem Mendes, da Casa de Cultura de Goiânia Antonia Ferreira de Souza, aparece com um jeito moleque para mostrar a beleza dos movimentos e gingados no solo.

Veja Também