Dois homens são presos suspeitos de incendiar Fórum de Iporá

A dupla já havia cumprido pena por tráfico de drogas, furto e roubo

Postado em: 05-09-2016 às 13h00
Por: Redação
A dupla já havia cumprido pena por tráfico de drogas, furto e roubo

Da redação

A Polícia Civil prendeu dois homens suspeitos de incendiar o Fórum do município de Iporá, interior do Estado, em maio deste ano. De acordo com o delegado que cuida do caso, Ramon Queiroz, provas testemunhais e análises de dados indicaram Ruan Carlos Guimarães e Weder Silva Lisboa como autores do crime.

A dupla já havia cumprido pena por tráfico de drogas, furto e roubo. Agora, eles responderão pelo incêndio criminoso, com pena prevista de até seis anos. 

Relembre 

Continua após a publicidade

No dia 29 de maio um incêndio tomou conta do Fórum de Iporá. Bombeiros foram acionados por um vigilante que percebeu as chamas. A perícia realizada no local indicou que o fogo foi provocado. No entanto, não foi possível identificar os criminosos de imediato. 
“As câmeras de segurança do prédio não estavam funcionando, e provas periciais foram perdidas com a ação do fogo, o que dificultou ainda mais as investigações”, conta o delegado.

A Polícia Civil descobriu que uma grande quantidade de gasolina avulsa foi adquirida em um posto da cidade na noite do crime, substância utilizada para alastrar as chamas. Quando questionados, funcionários do posto apontaram Ruan como o comprador  do produto. Além disso, outras testemunham afirmaram ter visto o suspeito na companhia de Weder. 

Durante as investigações, Ruan foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Ele e o comparsa também tiveram prisão preventiva decretada por provocar o incêndio. 
 

Veja Também