Começa hoje Semana Nacional de Trânsito

A semana terá uma série de ações com foco na mudança de comportamento do motorista, motociclistas, pedestres e ciclistas para a construção de um trânsito mais seguro

Postado em: 19-09-2016 às 06h00
Por: Redação
A semana terá uma série de ações com foco na mudança de comportamento do motorista, motociclistas, pedestres e ciclistas para a construção de um trânsito mais seguro

Da redação

O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) e Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) promovem nos próximos dias diversas atividades relacionadas à Semana Nacional de Trânsito, que começa hoje (19) e vai até o o próximo domingo (25). Com o intuito de valorizar o compartilhamento seguro das vias, o uso da tecnologia em favor da segurança viária e a educação para o trânsito, a semana terá uma série de ações com foco na mudança de comportamento do motorista, motociclistas, pedestres e ciclistas para chamar a atenção para construção de um trânsito mais seguro. 

A programação conta com fórum de debates, passeio ciclístico, abraço no Hospital de Urgências de Goiânia e um desafio intermodal.A semana de mobilizações foi aberta no “II Fórum Goiano de Mobilidade Urbana e Trânsito”, na sexta-feira(16), no Centro de Convenções. O encontro reuniu especialistas como Roberto Damatta, Ordeli Savedra e Cesar Urnhani.

Continua após a publicidade

Em Goiás, apesar dos esforços das entidades de trânsito e do aumento em ações como Balada Responsável, os resultados não são bons.Foram registradas quase seis mil internações e 2.148 vítimas fatais decorrente de conflitos de trânsito. Segundo estimativas do Ministério da Saúde, em Goiás são gastos, anualmente, R$ 9,5 milhões para tratamento de vítimas de acidentes de trânsito que são encaminhadas para os serviços de trauma e de urgência e emergência nos Hospitais.

De acordo com o presidente do Detran-GO, Manoel Xavier Ferreira Filho.“A necessidade de mudança de comportamento no trânsito é iminente. Os programas, especialmente, educativos são constantes, mas datas como a Semana Nacional, nos ajudam a estimular o debate sobre a valorização da vida”.

Foto: reprodução 

Veja Também