Audiomix é indiciada em esquema de corrupção

De acordo com a Polícia Federal, a empresa era utilizada também como laranja para esquemas de lavagem de dinheiro oriundos de desvios da Saúde do Amazonas

Postado em: 20-09-2016 às 17h55
Por: Redação
De acordo com a Polícia Federal, a empresa era utilizada também como laranja para esquemas de lavagem de dinheiro oriundos de desvios da Saúde do Amazonas

Da Redação

Nesta terça-feira (20) a Polícia Federal (PF) deu início à operação “Maus Caminhos” deflagrada no Amazonas. A ação tem como objetivo desarticular um esquema criminoso que foi responsável pelo desvio de R$ 112 milhões do Fundo Estadual de Saúde do Amazonas. Contudo o que mais chamou atenção foi o envolvimento da produtora AudioMix da capital, responsável por agenciar diversos cantores de sucesso como Jorge e Matheus e Wesley Safadão.
Nesta manhã, agentes cumpriram o mandado de busca e apreensão da produtora na capital. A casa do proprietário responsável, Marcos Araújo (Marquinhos) também foi vistoriada e o empresário prestou depoimento à PF.

Continua após a publicidade

De acordo com as investigações, a AudioMix seria uma empresa utilizada também como laranja para esquemas de lavagem de dinheiro oriundos de desvios da Saúde do Amazonas. O responsável seria o empresário Mohamad Mustafa, o principal investigado da operação e um dos maiores investidores da empresa goiana.

No total, a ação cumprirá 13 mandatos de prisão preventiva, 4 prisões temporárias, 3 conduções coercitivas, 41 mandatos de busca e apreensão, 24 bloqueios de contas de pessoas físicas e jurídicas. No total cerca de R$ 30 milhões em dinheiro estarão bloqueados e R$ 50 milhões em bens e imóveis serão recolhidos por meio de mandatos da Justiça Federal do Amazonas.

Foto: Reprodução/AudioMix

Veja Também