Medida prevê avaliar saúde dos trabalhadores de postos de gasolina

O objetivo da pesquisa é garantir a saúde dos trabalhadores e vistoriar estabelecimentos nas cidades escolhidas do estado

Postado em: 13-10-2016 às 08h00
Por: Renato
O objetivo da pesquisa é garantir a saúde dos trabalhadores e vistoriar estabelecimentos nas cidades escolhidas do estado

Da redação

Os trabalhadores goianos que atuam nos postos de combustíveis são alvo de investigação e pesquisa da Superintendência de Vigilância em Planos-de-Saude-220x155Saúde do Estado de Goiás (Suvisa).

Pelo projeto, denominado Vigilância da Saúde do Trabalhador e Saúde Ambiental das Populações Expostas ao Benzeno em Goiás, serão vistoriados, mensalmente, postos de combustíveis em cidades escolhidas para a pesquisa. O objetivo é garantir a saúde dos trabalhadores desses estabelecimentos e do meio ambiente. 

Continua após a publicidade

Após o levantamento, serão implantadas ações de intervenção nos processos e nas condições de trabalho dos funcionários e da população exposta ao benzeno, explica o coordenador de Vigilância em Saúde do Trabalhador da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Sander Silva.

A cidade de Anápolis foi a primeira a receber a visita dos agentes de vigilância sanitária. Foram 12 postos de revendas de combustíveis a varejo vistoriados, 12 gerentes notificados e mais 32 funcionários que receberam esclarecimentos sobre os perigos da exposição ao benzeno. A substância química está presente nos combustíveis, que conforme exposição pode levar a diversos danos à saúde, inclusive câncer de pulmão.

O projeto atua em parceria com as Vigilâncias Sanitárias Municipais, Vigilâncias Ambientais, Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), Regionais de Saúde, Secretarias de Meio Ambiente dos municípios, Ministério Público do Trabalho, Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE/MTE) e Ministério Público Estadual (MP-GO).

Veja Também