Segurança Pública é desafio para novo prefeito

Na busca por votos, Iris Rezende (PMDB) e Vanderlan Cardoso (PSB) apresentaram diversas propostas para a segurança dos goianienses

Postado em: 31-10-2016 às 06h00
Por: Redação
Na busca por votos, Iris Rezende (PMDB) e Vanderlan Cardoso (PSB) apresentaram diversas propostas para a segurança dos goianienses

Mesmo fora das competências obrigatórias do município, a segurança pública foi um tema debatido com recorrência pelos candidatos à Prefeitura de Goiânia. Mudanças na atuação da Guarda Civil Metropolitana (GCM), capacitação dos profissionais e investimento em estrutura estão entre as ações citadas pelos candidatos nas entrevistas e debates.

Íris Rezende divulgou que, para garantir a segurança dos goianienses, pretende renovar as lâmpadas da cidade garantindo iluminação de qualidade; instalar câmeras de segurança em pontos estratégicos; ampliar e valorizar a guarda municipal colocando-a para trabalhar em todos os bairros da cidade para auxiliar no controle da criminalidade e revitalizar as praças e acabar com áreas abandonadas com matos e falta de cuidado na Capital. 

Já as propostas de Vanderlan Cardoso giraram em torno de fortalecer a atuação em segurança primária para atacar as causas do aumento dos indicadores criminais, que, para ele, podem ser diminuídas com enfrentamento causal como: evasão escolar, fortalecimento de oportunidades de emprego, revitalização urbana, ampliação do aparelho público destinado a elevar o nível social da sociedade goianiense, com foco nos bolsões de problemas diagnosticados.

Continua após a publicidade

Além disso, Vanderlan divulgou em suas propostas que pretendia criar a Secretaria Municipal de Segurança Pública integrada. Entre os objetivos do novo prefeito também estão a criação de Centrais Únicas de Atendimento ao Cidadão nas Delegacias de Polícias, com a presença de serviços do município: Posturas, Meio Ambiente, Trânsito e assistência social para integralizar as ações em um único local. 

Como citado anteriormente, Vanderlan apresentou propostas para fortalecer a Guarda Municipal com valorização profissional, treinamentos e melhores equipamentos de trabalho. Além disso, ele citou também como projeto integrar a Guarda Municipal com as forças de segurança do Estado edesenvolver a segurança comunitária pela Guarda Municipal, com presença efetiva em praças, visitas comunitárias e policiamento em corredores (vias de grande fluxo). 

GCM tem 1.400 guardas civis

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) tem como principal função desenvolver ações de segurança e proteção dos bens, serviços e instalações públicas municipais. O órgão é formado por grupos operacionais, como a Rondas Ostensivas Municipais (Romu), programa “Crack é possível vencer”, que atua nos bairros São Francisco, Ipiranga e Campinas. 

Também estão em execução o “Programa Goiânia + Segura”, que é itinerante e atualmente está no Jardim do Cerrado. Na área ambiental, a Coordenadoria da Guarda Ambiental (Cga) atua nos bosques e parques. Além disso, está instalado na região da Rua 44 o Núcleo de Apoio à Fiscalização (NAF). Existem ainda os programas de prevenção primária: Guarda Mirim, Anjos da Guarda  e Banda de Música. 

Veja Também