Protesto contra política de Bolsonaro reúne cerca de 2 mil manifestantes em Goiânia

Postado em: 29-05-2021 às 11h41
Por: Redação
Militantes marcharam em fila indiana até a Praça do Trabalhador | Foto: Júlia Barbosa

Na manhã deste sábado (29/5), manifestantes se reuniram na Praça Dr. Pedro Ludovico Teixeira (Praça Cívica) demonstrando descontentamento com as políticas adotadas pelo atual Presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem partido). A movimentação que foi realizada hoje acontece em todas as regiões do Brasil. Em Goiás, além da capital, houve mobilizações movimentos nas cidades de Goiás, Pirenópolis, Catalão e Jataí.

Além da participação dos manifestantes estiveram presentes representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT), funcionários das Agências de Correios e de partidos políticos, como o vereador de Goiânia, Mauro Rubens (PT), a deputada estadual Adriana Accorsi (PT), Manu Jacob (PSOL), Fábio Junior, presidente estadual da Unidade Popular (UP), Fabrício Rosa (PSOL) e Leticia Scalabrini (UP).

Durante o ato, lideranças levantaram sobre a importância do ato contra o presidente. “Toda vida é importante e por isso estamos nas ruas hoje. Estamos lutando pelo povo brasileiro, que quer vacina, comida, que quer emprego, saúde e educação”, afirmou uma militante do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). Em mobilização ao ato, participantes consideram a necessidade das manifestações, em meio a pandemia, como algo urgente. “O vírus é menos perigoso do que o presidente”, relata Bruno, militante da Juventude do Partido dos Trabalhadores (JPT).

Em decorrência das medidas de restrições estabelecidas para o enfrentamento do vírus da Covid-19, os movimentos que organizaram o ato, decidiram marchar em fila indiana até a Praça do Trabalhador. Iniciando a concentração às 9hrs a concentração contava com cerca de 100 pessoas. Com o protesto terminado às 11:30h, uma das organizadoras, Leticia Scalabrini (UP) confirmou que cerca de 2 mil pessoas estiveram na caminhada.

“O ato de hoje foi uma prova da insatisfação do povo com o governo Bolsonaro e que não vamos desistir até derrotar esse governo”, conta Leticia sobre mobilização realizada neste sábado.

Movimentação

O ato nomeado de “Povo na rua pelo fora Bolsonaro”, acontece em quase 90 cidades do Brasil. O movimento nacional faz parte de uma série de protestos em desfavor da atual política adotada por Jair Bolsonaro. Dentre as pautas estabelecidas está a reivindicação da retomada do auxílio emergencial de R$ 600, compromisso com a vacinação da popular brasileira e o impeachment do governante.

* Com informações de Augusto Sobrinho e Júlia Barbosa, do Coletivo Magnífica Mundi

Compartilhe: