Um ano após a morte de primeiro policial por Covid, óbitos de 2021 superam 2020

Postado em: 02-06-2021 às 18h39
Por: Alice Orth
De junho a dezembro de 2020 foram registradas 28 mortes, já nestes seis primeiros meses de 2021, foram 33. Média um óbito por semana | Foto: reprodução

Esta terça-feira (1º/06) Goiás completou um ano do primeiro registro de morte de um funcionário de segurança pública por Covid-19 no Estado. O soldado da Polícia Militar (PM) Ubirajara Luís de Sales, de 37 anos, integrava a corporação havia mais de seis anos, mas tinha asma e não sobreviveu ao vírus.

No decorrer do meses, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSPGO), foram contabilizados 3.317 casos de contaminação pelo vírus, resultando em 28 óbitos durante todo o ano de 2020. Já em 2021, apesar de menos casos registrados, até então, o número de mortes já superou o do último ano. Foram 33, todos causados por complicações do coronavírus.

Em relação aos casos, houve uma média de 356 por mês desde junho. Já em relação as mortes dos servidores públicos da Segurança, há uma média de 4 por mês ou, uma por semana.

Em 2020, em uma reportagem especial da SSP que lembrou e homenageou alguns dos primeiros profissionais mortos, uma das pessoas a falarem foi a filha do Subtenente da Polícia Militar de Goiás (PMGO), Elvis Silva de Araújo. Na época Tuany Araújo, de 27 anos disse que o pai era excelente em tudo o que fazia.

“Excelente Pai, Marido, pastor. Não vivia para nada além disso. Colocava as pessoas em primeiro lugar. Ele dedicou a vida para tudo isso, e quem o conheceu sabe e diria o mesmo”, disse ela na época. Elvis fez parte da PM durante mais de 29 anos e faleceu vítima da Covid-19 no dia 11 de julho de 2020, em Luziânia, Entorno do Distrito Federal, com 49 anos.

Ainda na reportagem, falaram Ana Lúcia, Paula e Fernanda, respectivamente mãe e irmãs do Soldado da Polícia Militar Ubirajara Luís de Sales, de 38 anos, que trabalhava para a Segurança do Estado há mais de seis anos. Todas elas tiveram consenso: o irmão era um grandioso profissional e era muito admirado por toda família. Ele não tinha esposa e nem filhos.

Compartilhe: