Quatro pessoas são condenadas por torturar transexual até a morte em Anápolis

Emanuelle Muniz Gomes, de 21 anos, foi morta a pedradas em 2017; as penas variam entre 26 e 35 anos.

Postado em: 22-07-2021 às 13h07
Por: Luan Monteiro
Emanuelle Muniz Gomes, de 21 anos, foi morta a pedradas em 2017; as penas variam entre 26 e 35 anos | Foto: Reprodução

Quatro pessoas foram condenadas por espancar e torturar até a morte a jovem Emanuelle Muniz Gomes, de 21 anos, em Anápolis. O crime ocorreu em 2017. As penas variam entre 26 e 35 anos.

Foram condenados Daniel Lopes, de 24 anos, Sérgio Cesário Neto, 25 anos, Renivan Moisés, de 24 anos, e Márcio Machado, de 23 anos. Eles foram capturados pela polícia e estão presos preventivamente desde maio de 2017.

De acordo com a sentença, concluída na última quarta-feira (21/07), os criminosos queriam, a princípio, roubar e estuprar a vítima, mas decidiram matá-la ao perceberem que ela era transexual.

Continua após a publicidade

“Pô, essa porra nem entregou o celular e ainda é homem, vamos matar essa porra!”, disse um dos criminosos durante o crime.

A vítima foi arrastada pelos cabelos até um lixão da região, onde foi torturada com paus, pedras e pedaços de concreto até a morte. A vítima teria oferecido R$ 3 mil aos criminosos, mas mesmo assim acabou sendo morta.

Veja Também