Pastor suspeito de estuprar crianças e adolescentes é preso em Itaberaí

Postado em: 14-09-2021 às 11h41
Por: Giovana Andrade
Investigação aponta que Willian de Souza Adriel teria praticado abuso sexual contra diversos menores; casos teriam acontecido nos anos 2000. | Foto: Polícia Civil do Estado de Goiás

Foi preso em Itaberaí, na manhã desta terça-feira (14/09), o pastor Willian de Souza Adriel, de 53 anos, suspeito de estuprar crianças e adolescentes. O mandado de prisão temporária foi cumprido pela equipe da Delegacia de Polícia (DP) de Itaberaí, na residência do suspeito.

A prisão é decorrente da investigação criminal efetuada pela Delegacia. A prisão cautelar do pastor foi solicitada pela autoridade policial após a investigação apontar que o suspeito teria praticado diversos estupros contra menores. Os casos de abuso sexual teriam começado na primeira década dos anos 2000.

A suspeita é de que o pastor se aproveitava de seu ministério, e da posição que ocupava em uma igreja da cidade, para ganhar a confiança das famílias, se aproximar das crianças e adolescentes e cometer os crimes de estupro. A Polícia Civil já identificou cerca de 6 vítimas. Na época dos fatos, elas tinham menos de 10 anos de idade.

A Polícia Civil apura ainda denúncias de outras vítimas do autor. O pastor foi interrogado na Delegacia e ficará à disposição da Justiça, detido na Unidade Prisional de Itaberaí. Ele responderá pelo delito de estupro de vulnerável, cuja pena é de reclusão, de 8 a 15 anos.

Seguindo resolução do delegado responsável pela investigação, foi determinada a divulgação do rosto do suspeito, uma vez que podem existir outras crianças ou adolescentes vítimas do autor. Dessa forma, há interesse público na circulação da imagem, possibilitando que outras possíveis vítimas façam o reconhecimento e compareçam à Delegacia de Polícia para realizar a denúncia.

Compartilhe: