Ex-prefeito suspeito de ser mandante de homicídio é preso em Santa Terezinha de Goiás

Postado em: 16-09-2021 às 18h28
Por: Alice Orth
Além do político, duas mulheres foram detidas. | Foto: Divulgação/Polícia Civil

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia cumpriu três mandados de prisão temporária e três mandados de busca e apreensão nesta quinta-feira (16/09) em Santa Terezinha de Goiás, a 300 km da capital. Um ex-prefeito do município, que não teve o nome divulgado, foi preso, acusado de ser o mandante de um homicídio.

Além do político, duas mulheres foram detidas. Segundo a Polícia Civil (PC), o crime ocorreu no dia 8 de março deste ano, em Aparecida de Goiânia, quando duas pessoas vestidas de agentes de saúde adentraram a casa de Wender Luiz de Aguiar, de 39 anos. Desconfiado, ele aguardou na calçada enquanto os supostos agentes conversavam com sua esposa e sua mãe. Ao saírem, Wender foi baleado e morreu no local.

A vítima tem passagens por crimes de roubo, e teria feito serviços para o ex-prefeito, incluindo o assassinato de uma mulher que alegava ter um filho com ele e estaria tentando estorqui-lo. O homicídio de Wender teria sido encomendado para ocultar os fatos.

Os executores do crime ainda estão sendo procurados pela polícia. Na casa do ex-prefeito, foram apreendidas seis armas de fogo, cinco delas sem certificado, dezenas de munições, dois celulares e cupons de depósito.

Compartilhe: