Em nono dia de incêndio na Chapada dos Veadeiros, combatentes atuam em cinco focos ativos

Segundo o coordenador da força-tarefa, capitão Luiz Antônio Dias Araújo, dois focos oferecem mais riscos ao Parque Nacional; os demais seguem monitorados para evitar reignição do fogo

Postado em: 20-09-2021 às 18h11
Por: Giovana Andrade
Segundo o coordenador da força-tarefa, capitão Luiz Antônio Dias Araújo, dois focos oferecem mais riscos ao Parque Nacional; os demais seguem monitorados para evitar reignição do fogo. | Foto: Reprodução

O incêndio que atinge a Chapada dos Veadeiros completou nove dias nesta segunda-feira (20/09), tendo destruído 18.620 hectares de vegetação, área equivalente a 18 mil campos de futebol. A equipe do Corpo de Bombeiros (CBMGO), brigadistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e voluntários seguem combatendo o fogo na região, e polícia investiga se incêndios são criminosos.

Segundo o coordenador da força-tarefa, capitão Luiz Antônio Dias Araújo, a segunda-feira (20) teve início com cinco focos ativos. Nas duas frentes mais intensas, localizadas no extremo norte e que representam maior risco ao Parque Nacional, os bombeiros e brigadistas atuam combatendo diretamente as chamas.

“Nos outros três pontos, concentram-se serviços de monitoramento e vigilância, para garantir que não haja reignição e nós possamos declará-los extintos”, completa o capitão.

Continua após a publicidade

A Polícia Civil investiga se os incêndios na Chapada dos Veadeiros, que começaram no dia 12 de setembro, são criminosos. O capitão Luiz Antônio acredita que o fogo tenha sido causado por um incendiário.

“Começamos o dia com um novo incêndio às margens da rodovia que vai para São Jorge. Esse incêndio consistia em dois focos distintos e claramente indicavam que havia ali uma ação de um incendiário, haja vista que não havia outros focos próximos para que ele fosse considerado um foco secundário e muito menos condições climáticas para que fosse um fogo natural”, disse.

Ainda segundo o coordenador da força-tarefa, as equipes seguem fazendo o monitoramento das áreas durante a noite.

O Parque Estadual Águas do Paraíso, que reabriria neste domingo (19/09), continuou fechado. Segundo o ICMBio, não há focos de incêndio no interior do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, que segue recebendo turistas. Os brigadistas, bombeiros e voluntários estão controlando as chamas no entorno imediato.

Veja Também