Centro de educação Gustav Ritter deve passar por reforma e ampliação

O prédio em art-déco começou a ser construído em 1946.

Postado em: 20-09-2021 às 18h13
Por: Alice Orth
O prédio em art-déco começou a ser construído em 1946. | Foto: Reprodução

A Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc) anunciou nesta segunda-feira (20/09) a assinatura da ordem de serviço para ampliação e restauração do Instituto de Educação em Artes Professor Gustav Ritter. A obra terá valor de R$199.879,86, com a reforma da rede elétrica, troca de telhado, pintura, revestimento de piso e outros serviços.

O gestor do Instituto, Edmar Carneiro, afirmou que a restauração do prédio veio como um modo de valorização do ensino de Artes, além do Ensino Médio Inovador com Itinerário em Artes, que é pioneiro no país. “Hoje é um dia muito importante para a arte, a Educação e a cultura de Goiás. Após oito anos, recebemos esse presente do Governo de Goiás”, disse.

Atualmente, o centro atende 110 alunos a partir de cinco anos de idade. O Instituto possui 28 salas de música, dança, teatro, além de Biblioteca, Instrumentoteca e salas administrativas. O prédio em art-déco, que começou a ser construído em 1946 pelo padre Oscar Chaves, foi concluído em 1950 pelo Padre Antônio Penteado e tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico do Estado de Goiás em 1998.

Veja Também