Segurança Pública efetua operação contra organização especializada em roubo de cargas, nesta quarta (22/09)

A força tarefa composta pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil (PCGO), por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e

Postado em: 22-09-2021 às 11h29
Por: Almeida Mariano
Prejuízo causado é mais de R$ 80 milhões | PCGO

A força tarefa composta pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil (PCGO), por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (DECAR), Polícia Militar de Goiás (PMGO) e Secretaria de Economia (SECON) realiza na manhã desta quarta-feira (22/09) a Operação Ponto Final, cumprindo 14 mandados de busca e apreensão contra membros de organização criminosa que atua há mais de dez anos em diversos estados do país.

Os criminosos são especializados em roubos de cargas de gêneros alimentícios e, principalmente, combustíveis. A organização criminosa agia de forma violenta ao abordar os motoristas de caminhões, mantendo-os em cárcere privado sob forte ameaça de armas de fogo para roubarem as cargas. De acordo com as investigações, o prejuízo gerado é estimado em mais de R$ 80 milhões.

Além dos roubos, dois dos líderes da organização eram conhecidos por ameaçarem até policiais de outros estados que os investigavam, conforme conversas capturadas pelos investigadores. Em Goiás, toda a estrutura criminosa foi desmanchada.

Veja Também