Comissão da Câmara Municipal aprova projeto de adaptação de ônibus para pessoas com nanismo

Com a modificação, o texto agora será votado em plenário.

Postado em: 23-09-2021 às 15h22
Por: Alice Orth
Com a modificação, o texto agora será votado em plenário. | Foto: Reprodução

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Câmara Municipal de Goiânia aprovou, na última quarta-feira (22/09), um projeto que exige adaptação de veículos de transporte coletivo com catracas e validadores de cartão acessíveis para pessoas com nanismo e baixa estatura. A autoria é do vereador Lucas Kitão (PSL).

O vereador William Veloso (PL) apresentou uma emenda para corrigir o texto, que se refere a pessoas com deficiência como “portadores de deficiência”, termo que caiu em desuso.

“A equiparação dos ônibus com validadores de cartões e de catracas acessíveis para pessoas com nanismo e baixa estatura é importante e é um compromisso que nós temos com as políticas de inclusão social, por meio da lei, que será chamada Lei Rafael Campos”, defendeu o vereador.

Continua após a publicidade

O nome da lei é uma homenagem a um amigo e ex-assessor de Kitão, o jornalista Rafael Campos, que tem nanismo e sugeriu a mudança ao vereador.

Com a modificação, o texto agora será votado em plenário. Caso seja aprovado e sancionado, as empresas privadas de transporte terão um prazo de 90 dias para efetuar as alterações.

Veja Também