Em operação, Polícia Civil prende casal suspeito de aplicar golpes contra idosos

Investigação teve início após uma outra suspeita ser presa em flagrante pelo mesmo crime, em abril.

Postado em: 24-09-2021 às 15h27
Por: Luan Monteiro
Investigação teve início após uma outra suspeita ser presa em flagrante pelo mesmo crime, em abril. | Foto: Reprodução

A Polícia Civil (PC), por intermédio do Grupo de Repressão a Estelionatos e outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC), cumpriu na quarta-feira (22/09), dois mandados de prisão temporária expedidos contra um casal suspeito de integrar uma associação criminosa especializada na prática do crime de estelionato contra idosos. Os mandados foram cumpridos durante a Operação Fechamento.

No mês de abril de 2021, os policiais civis do GREF/DEIC prenderam em flagrante uma mulher suspeita do crime de estelionato praticado contra idoso. Na ocasião, ela recebeu, em sua conta bancária, R$ 4.835,00 após um dos comparsas do grupo se passar pelo filho de uma idosa, residente em Goiânia, e solicitar a transferência para a conta da investigada.

A partir desta prisão, os policiais aprofundaram as investigações e identificaram outros dois integrantes do grupo, um homem e uma mulher. A mulher, inclusive, já havia sido presa em flagrante no mês de outubro de 2020, pelos agentes do DEIC, pelo mesmo crime. O homem, por sua vez, é investigado pela prática de estelionato eletrônico, pela Polícia Civil do Tocantins.

Continua após a publicidade

No momento da prisão, os investigadores encontraram com o casal 20 cartões bancários de pessoas diversas, muitos deles com a senha anotada nos próprios cartões, uma máquina de cartão comumente utilizada para tentar dar licitude aos valores angariados com os golpes e uma agenda contendo anotações de diversos números de cartões. Um automóvel e uma motocicleta também foram apreendidos.

Além da prisão dos investigados, também foi decretado o bloqueio de bens e sequestro de valores das contas dos investigados.

Veja Também