Pesquisa de preços: veja qual a carne cujo valor apresenta variação de 266% em Goiânia

Levantamento realizado pelo Procon Goiás aponta diferenças nos preços das carnes vermelhas, suína e de frango em estabelecimentos da capital goiana

Postado em: 29-09-2021 às 15h08
Por: Giovana Andrade
Levantamento realizado pelo Procon Goiás aponta diferenças nos preços das carnes vermelhas, suína e de frango em estabelecimentos da capital goiana. | Foto: Reprodução

Com o aumento da inflação impactando os valores de diversos produtos alimentícios no último ano, a carne, principalmente a vermelha, passou a ter um peso maior no orçamento doméstico no período de pandemia da Covid-19.

De acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em maio, a carne vermelha registrou alta acumulada de 35,14% (Índice Nacional de Preços ao Consumidor – IPCA Amplo 15) no período de 12 meses.

Somado a isso, a queda na renda dos brasileiros e o aumento do desemprego também influenciam a economia. Levando em conta esse cenário, com o intuito de auxiliar os consumidores na comparação dos preços, o Procon Goiás divulgou nesta quarta-feira (29/09) um levantamento com os preços de 26 tipos de carne (incluindo frango e suína). Os preços foram verificados em casas de carne e supermercados localizados em Goiânia entre os dias 15 e 28 de setembro.

Continua após a publicidade

De acordo com a pesquisa, a maior variação encontrada foi na carne vermelha de primeira, com o quilo do filé mignon no topo, variando até 89,38%, de R$ 49,90 a R$ 94,50. Em seguida vem o corte do lagarto (81,10%), com uma oscilação de R$ 28,99 a R$ 52,50. A picanha, por sua vez, pode sair até 63% mais cara (entre R$ 49,90 e R$ 81,50). Confira a tabela:

CORTE (KG)MENOR PREÇOMAIOR PREÇOVARIAÇÃO
FILÉ MIGNONR$ 49,90R$94,5089,38%
LAGARTOR$ 28,99R$52,5081,10%
ALCATRAR$ 30,90R$54,9977,96%
MAMINHAR$33,98R$59,9976,55%
CUPIM GRILLR$34,90R$59,9971,89%
PICANHAR$49,90R$81,5063,33%
CONTRA-FILÉR$49,90R$94,5056,43%
PATINHOR$30,98R$47,9854,58%
COXÃO MOLER$32,98R$45,9839,42%
Variação da carne de primeira

Na carne de segunda, a diferença de preços entre um estabelecimento comercial e outro chega a 83,91% (quilo da fraldinha) – R$ 29,90 a R$ 54,99. Em segundo lugar aparece em segundo lugar, com uma margem de 77,96% (R$ 17,90 a R$ 29,99).

CORTE (KG)MENOR PREÇOMAIOR PREÇOVARIAÇÃO
FRALDINHAR$ 29,90R$54,9983,91%
COSTELAR$ 17,90R$29,9977,96%
COXÃO DUROR$ 24,90R$43,9876,63%
MÚSCULO DIANTEIROR$26,90R$39,9963,33%
PALETAR$26,79R$39,9948,66%
ACÉMR$25,49R$39,9956,89%
PEITO BOVINOR$26,79R$39,5047,44%
Variação da carne de segunda

Embora a oscilação seja significativa nas carnes bovinas, a maior variação encontrada pela pesquisa de preços foi na carne suína, com o quilo do suã – 266,84% (R$ 7,90 a R$ 28,98). A disparidade destaca a importância da pesquisa de preços. O pernil com osso apresentou variação de 150% e a costelinha, 140%.

CORTE (KG)MENOR PREÇOMAIOR PREÇOVARIAÇÃO
SUÃR$7,90R$28,98266,84%
PERNIL COM OSSOR$11,99R$29,98150,04%
COSTELINHAR$14,95R$35,98140,67%
LOMBOR$15,90R$35,98126,29%
BISTECAR$14,99R$29,98100%
PERNIL SEM OSSOR$14,99R$29,98100%
Variação da carne suína

O levantamento apontou ainda uma variação de até 113% no quilo do frango resfriado (R$ 6,99 a R$ 14,90), e de 11,78% no frango congelado.

PRODUTO (KG)MARCAMENOR PREÇOMAIOR PREÇOVARIAÇÃO
FRANGO RESFRIADOQUALITTIR$6,99R$14,90113,16%
FRANGO RESFRIADOSUPER FRANGOR$9,79R$14,9052,20%
FRANGO CONGELADOQUALITTIR$8,49R$9,4911,78%
Variação do quilo do frango

Veja Também