Polícia Civil prende suspeito que pretendia dar golpe de R$ 400 mil no próprio irmão

O suspeito pretendia usar os documentos falsos para retirar R$ 22 mil de uma conta bancária de seu irmão, além realizar um financiamento imobiliário de R$ 400 mil em seu nome

Postado em: 06-10-2021 às 08h11
Por: Ícaro Gonçalves
O suspeito pretendia usar os documentos falsos para retirar R$ 22 mil de uma conta bancária de seu irmão, além realizar um financiamento imobiliário de R$ 400 mil em seu nome | Foto: Divulgação/ Polícia Civil

A Polícia Civil de Goiás (PC-GO) realizou na última terça-feira (5/10) a prisão em flagrante de Ademir Rodrigues de Siqueira, de 49 anos, por utilizar documentos falsos com o objetivo de dar golpes em seu próprio irmão portador de necessidades especiais.

A prisão ocorreu por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), com apoio de servidores do Instituto de Identificação da PC-GO. Ao ser abordado pelos policiais, ele apresentou um documento de registro civil falsificado, expedido pelo Estado do Pará, no qual consta a imagem fotográfica de Ademir, mas os dados são de seu irmão.

Segundo informações da PC-GO, Ademir pretendia usar os documentos falsos para retirar R$ 22 mil de uma conta bancária de seu irmão, que recebeu o valor como indenização por um acidente de trânsito que o tornou portador de necessidades especiais.

Continua após a publicidade

Também estava entre seus planos contrair um empréstimo de R$ 400 mil na Caixa Econômica Federal usando o nome do irmão, para a suposta aquisição de imóveis.

Na posse do preso, foram encontrados diversos papéis que apontam para a prática de outros ilícitos, tais como falsificação de documento particular, motivo pelo qual as investigações terão continuidade.

A divulgação da imagem e nome do suspeito pela Polícia Civil foi feita conforme os ditames da Lei 13.869/2019 e Portaria nº. 547/2021– PC-GO. Tais informações poderão ajudar o reconhecimento por parte de outras vítimas ainda não identificadas.

Veja Também