PC-GO prende suspeito de tripla tentativa de homicídio em Valparaíso

A discussão, que resultou nas tentativas de homicídio, se iniciou no trânsito após o investigado não ter respeitado a faixa de pedestres

Postado em: 20-10-2021 às 12h17
Por: Ícaro Gonçalves
A discussão, que resultou nas tentativas de homicídio, se iniciou no trânsito após o investigado não ter respeitado a faixa de pedestres | Foto: Reprodução

Na última terça-feira (19/10), a Polícia Civil de Goiás (PC-GO) prendeu temporariamente um homem acusado de tentativa de homicídio qualificado, ao efetuar disparos de arma de fogo contra três vítimas no dia 10 de outubro, em Valparaíso de Goiás.

A prisão ocorreu por meio da 1ª Delegacia de Valparaíso de Goiás. Conforme a investigação, o autor teve uma discussão de trânsito com uma das vítimas, após o investigado não ter respeitado a faixa de pedestres. Ambos residiam no mesmo condomínio, o que fez com que a discussão continuasse dentro do residencial, com conotações homofóbicas sendo proferidas pelo investigado.

Outras duas vítimas que estavam próximas entraram na discussão em defesa da primeira, momento em que o investigado desferiu um tapa no rosto de uma pessoa envolvida, tendo as demais vítimas reprimido o autor com socos e tapas. Em seguida, o investigado sacou uma arma de fogo e disparou contra as três pessoas, acertando quatro projéteis em uma delas.

Continua após a publicidade

Não satisfeito, o investigado continuou a atirar contra as demais vítimas, que saíram correndo, mas foram perseguidas pelo autor. Na ocasião, mais de 12 disparos foram efetuados na direção do trio. Após o ocorrido, o investigado fugiu, mas toda a dinâmica criminosa ficou registrada no circuito de câmeras de segurança do condomínio.

Com base nos fatos apurados, a autoridade policial representou pela prisão temporária do investigado, que foi cumprida na última terça-feira (19). Em seu depoimento, o autor sustentou a tese de legítima defesa e disse que houve troca de tiros. O investigado encontra-se detido no presídio local, onde aguardará a conclusão das investigações.

Veja o vídeo:

Veja Também