João de Deus é condenado a mais 44 anos de prisão em regime fechado

Postado em: 25-11-2021 às 14h47
Por: Alice Orth
Esta é a quarta condenação por crimes sexuais cometidos em Abadiânia (GO). | Foto: Reprodução

Foi publicada nesta quinta-feira (25/11) um nova sentença contra João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, de 44 anos e 6 meses de reclusão em regime inicialmente. Ele foi condenado pela prática de dois crimes de estupro e dois de estupro de vulnerável.

A decisão foi proferida pelo juiz Marcos Boechat acerca de atos ocorridos entre os anos de 2009 e 2018, envolvendo cinco vítimas. O ex-médium foi absolvido em uma das acusações por insuficiência de provas. As vítimas devem receber indenização por danos morais em valores que variam de R$ 20 mil  a R$ 75 mil. 

Esta é a quarta condenação por crimes sexuais cometidos em Abadiânia (GO), enquanto ele atendia na Casa Dom Inácio de Loyola. João de Deus permanece em prisão domiciliar por outros processos e poderá recorrer da sentença no prazo legal.

A defesa informa que ainda não recebeu intimação. Ele nega as acusações.

Compartilhe: