Governo de Goiás faz mobilização para evitar abstenção no segundo dia de provas do Enem

Seduc reforça diálogo com pais e responsáveis para destacar importância do exame; neste domingo (28/11), inscritos respondem questões de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias

Postado em: 27-11-2021 às 11h59
Por: Giovana Andrade
Seduc reforça diálogo com pais e responsáveis para destacar importância do exame; neste domingo (28/11), inscritos respondem questões de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. | Foto: Divulgação

A fim de garantir que estudantes participem do segundo dias de prova do Enem 2021, o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), realiza ações voltadas para a mobilização dos inscritos. Desde quinta-feira (25/11), candidatos de todo o estado recebem mensagens por SMS para alertar sobre a importância da presença deles na prova de domingo.

As 40 Coordenações Regionais de Educação (CRE) do estado também realizam ações de reforço para as disciplinas de ciências da natureza e matemática. Todos os colégios da rede estadual estão trabalhando temas e assuntos que podem ser abordados na prova de domingo.

Além do trabalho realizado pelas unidades escolares, o projeto Goiás Bem no Enem divulga nesta semana dicas para os estudantes nas redes sociais e nos grupos criados durante o ano. Nos canais no YouTube da Seduc e do projeto são disponilizadas várias videoaulas que servem de suporte para dúvidas que possam surgir durante o estudo.

Continua após a publicidade

Nessa semana, as ações são voltadas exclusivamente para mobilização dos estudantes, com visitas às casas, conversa com pais ou responsáveis e destaque sobre a importância da prova do Enem para continuação da vida escolar do aluno.

A iniciativa se dá no contexto da baixa adesão histórica ao exame e busca evitar o aumento de abstenções. O Enem 2021 registrou queda recorde no número de inscritos e a menor participação na prova desde 2005. Em todo o país, foram 4 milhões de inscritos neste ano, contra 5,7 milhões no ano passado. Em Goiás o número caiu de 210 mil para 129 mil inscritos, uma redução de 38% que resultou no menor número em cinco anos.

Reaplicação

O Inep informou que quem apresentou algum sintoma de Covid-19 poderá solicitar a reaplicação do exame. A nova prova será nos dias 9 e 16 de janeiro de 2022, mesma data da aplicação do exame para pessoas privadas de liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL 2021) e para os participantes isentos da taxa de inscrição em 2020 que, por decisão do Supremo Tribunal Federal, tiveram nova oportunidade de inscrição no Enem.

A reaplicação deverá ser solicitada na Página do Participante, entre 29 de novembro e 3 de dezembro, mediante apresentação da documentação que comprove a condição de saúde do inscrito.

Veja Também